Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Condomínio fechado Fozpalace




Construído numa das mais antigas quintas da zona da Foz, no Porto, o Condomínio Fechado Fozpalace está em fase avançada de comercialização, com cerca de 75 por cento das 63 fracções colocadas.
Resultante de um investimento de cerca de 17 milhões de euros, o empreendimento tem uma área de construção de 13.250 metros quadrados e nele foi reavivado o espírito de quinta senhorial, criando essa vivência num condomínio fechado. A traça original dos muros e eira da piscina, assim como da belíssima capela, foram mantidas, preservando-se assim a memória do local.

Também o portão do empreendimento foi alvo de atenção especial, distinguindo-se pelo design inovador e pela conjugação da matéria-prima com a tonalidade utilizada, o que recria o espectro de entrada da antiga quinta. Projectado pelo gabinete de arquitectos Domingos Correia e Paulo Machado, o Condomínio Fechado Fozpalace resguarda o acesso à quinta, proporcionando a privacidade necessária aos seus habitantes.

Amplas varandas com
acabamentos topo de gama

O empreendimento possui amplas áreas de jardim e piscina aquecida por painéis solares. As amplas varandas/terraços, com áreas até 39 metros quadrados com deck de madeira, prolongam as salas, oferecendo uma deslumbrante paisagem de mar e rio.
Outro dos seus pontos fortes é a extraordinária qualidade construtiva, tendo a empresa apostado em acabamentos topo de gama, como o soalho em sucupira, a carpintaria lacada ou as cozinhas «Gneisse», de design alemão. Factores que fazem destes apartamentos uma excelente opção no que toca à relação qualidade/preço, estando a ser vendidos a um preço médio de dois mil euros o metro quadrado.

A sustentabilidade e a preocupação com a redução do custo de manutenção/utilização foram conseguidas através da aplicação de granito com fachada ventilada de 12 cm de espessura, conferindo ao edifício um comportamento térmico extraordinário, reduzindo a necessidade de climatização artificial. A existência de um poço na quinta proporciona a utilização da água para a rega dos jardins e zonas comuns, sem custos para o condomínio.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Jantar Eno-Gastronómico «Vinhos & Castanhas»










Após o sucesso dos Jantares Eno-Gastronómicos anteriores (Vinhos & Queijo da Serra; Vinhos & Azeite; e Vinhos & Ervas Aromáticas), a Quinta do Portal volta a surpreender com novos aromas e sabores, com o Jantar Eno-Gastronómico Vinhos & Castanhas, a realizar-se no próximo dia 5 de Dezembro de 2009 (Sábado), na Quinta do Portal, localizada em Celeirós do Douro, Sabrosa, confeccionado pelo jovem e talentoso Chef Milton Ferreira e com a presença do Enólogo Paulo Coutinho:



*

Enólogo Paulo Coutinho

Chef Mílton Ferreira



Aperitivos

Quinta do Portal Relato 2008

Quinta do Portal Rosé 2008

Quinta do Portal Colheita Tardia 2007

*

Espuma de Castanha Cozida com Grelos Salteados e Azeitona Preta,

Chouriça de Carne assada em Tosta de Broa de Milho

Quinta do Portal Branco 2008

Capuccino de Castanha

*

Naco de Bacalhau confitado em Azeite de Rosmaninho em Crosta de Azeitona com cremoso de Castanhas,

Amêijoas à Bulhão Pato e Seus Sucos

Quinta do Portal Grande Reserva Tinto 2000 Magnum

Sorvete de Tangerina com Amêndoa e Pó de Castanha assada

*

Rojões de bochechas de Porco Bísaro,

crocantes de Milhos fritos com Queijo da Serra,

Castanhas, Legumes glaceados e Molho de Vinho Tinto com Romã

Quinta do Portal Grande Reserva Tinto 2006 Magnum

*

Bolo de Castanhas recheado com Mousse da mesma, Gelado de Noz e

Frutos Vermelhos salteados com Castanhas doces

Quinta do Portal LBV Porto 2004

*

Castanhas Assadas

Quinta do Portal Porto 10 Anos

*

€ 45 por pessoa, sendo necessária reserva antecipada.

Lotação limitada.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

«Auru 2007» da Quinta do Portal,







É a terceira vez na história da «Quinta do Portal» que o vinho de topo do ano tem “qualidade auru”, distinção máxima nos padrões de qualidade dos responsáveis desta quinta duriense. À semelhança do que aconteceu com os seus multipremiados congéneres de 2001 e 2003, o Auru Tinto 2007 é um produto de excelência, resultante da nobreza das castas Touriga Nacional (65%), Tinta Roriz (30%) eTouriga Franca (5%) plantadas nas vinhas da «Quinta do Portal», expostas a sul.
Foi um 2007 atípico em termos climatéricos que permitiu uma extraordinária qualidade de vindima nesse ano. Nesta nova versão, o Auru apresenta uma terceira casta na sua composição, a Touriga Franca, essencial para harmonizar a lotação do néctar.
Paulo Coutinho, enólogo da «Quinta do Portal», descreve o vinho como sendo “concentrado de cor, evidenciando no nariz aromas marcadamente silvestres bem interligados com frutos pretos e ainda um leve apimentado. Final longo e lascivamente prolongado, leva-nos a concluir que estamos perante mais um belo exemplo do que o Douro é capaz de produzir”.
Trata-se, pois, um vinho que estagiou em cascos novos de carvalho francês, durante 14 meses, e que tem a faculdade de poder ser incluído numa dieta vegetariana, dado o seu baixo teor calórico.
De acordo com os responsáveis da «Quinta do Portal», este néctar vindimado manualmente é único, exclusivo e recluso de apenas 1 883 garrafas, 276 mag’s e 15 duplas magnuns de três litros para clientes exclusivos. O preço recomendado de venda ao público é de 83 € a garrafa.
Os seus antecessores foram agraciados em vários concursos nacionais e internacionais. O Auro 2003 foi Medalha de Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas e Medalha de Bronze no Internacional Wine Challenge de Londres. Já o Auru de 2001 ganhou o Prémio de Excelência da Revista de Vinhos, a Medalha de Ouro no International Wine Challenge de Londres e a Medalha de Prata no Decanter Awards.
A «Quinta do Portal», que fica localizada na Região Demarcada do Douro, mais precisamente em Celeirós do Douro, no vale do rio Pinhão, abraçou com toda a paixão o conceito “Boutique Winery”, dedicando-se à produção de vinhos DOC Douro, Vinhos do Porto de categorias especiais e Moscatel do Douro, tendo sido recentemente disitinguida pela Wine & spirits como uma dos 100 top winnerys of the world.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Quinta do Portal convida a entrar em 2010






O cenário imponente do Douro é o palco ideal para entrar em 2010 com o pé direito. A Quinta do Portal situada em Sabrosa, preparou um programa especial para esta data, com alojamento numa das suas duas unidades de enoturismo, onde se inclui um jantar confeccionado pelo chef Milton Ferreira, acompanhado pelos néctares de eleição produzidos nesta quinta duriense.

Para celebrar a chegada de um 2010 que se deseja melhor do que o ano que está a findar, a Quinta do Portal, situada no concelho de Sabrosa, no Alto Douro, propõe um programa de três noites numa das suas unidades de enoturismo: a Casa das Pipas e a Casa do Lagar.
O programa prevê três noites de alojamento e começa no dia 31, quinta-feira, com um Vinho do Porto de boas-vindas, para depois os visitantes se despedirem de 2009 com um magnífico jantar de fim de ano confeccionado pelo chef Milton Ferreira, que terá lugar na sala de refeições.
O menu do reveillon é bastante diversificado, prevendo um bacalhau confeccionado em LBV 2004 com tosta de azeitona, sobre risotto de couve à portuguesa, amêijos à bulhão pato e seus sucos. O prato de carne é composto por lombinhos de porco recheados com figos e frutos secos sobre gratinado de batata, legumes glaceados e redução de Quinta do Portal Touriga Nacional Tinto. Todos os pratos são acompanhados por uma selecção de néctares produzidos nesta quinta duriense. Depois de um Quinta do Portal Branco 2008 nas entradas, o bacalhau será acompanhado por um Quinta do Portal Tinta Roriz Tinto 2006 e a carne com um Quinta do Portal Reserva Tinto 2007. Para a sobremesa está reservado um Moscatel Reserva 2000 e a acompanhar o buffett de doces um Quinta do Portal Porto 10 anos.
Sempre ao som de música, os hóspedes brindarão ao novo ano com espumante Mural, após o que poderão ainda desfrutar dos bufetes de queijos e compotas, para lá de uma ceia, que será servida a partir da 01h00. O primeiro dia do ano será totalmente dedicado ao descanso e a desfrutar do muito que o Douro tem para ver, assim o tempo ajude.
No sábado, dia 2 de Janeiro de 2010, o programa inclui, da parte da tarde, uma visita ao armazém de envelhecimento, que saiu do estirador do arquitecto Siza Vieira, e onde estagiam os vinhos de excelência que saem da Quinta do Portal para todo o mundo. Oportunidade, ainda, para uma uma prova de vinhos, terminando o dia com um jantar gourmet.
Na Casa das Pipas, os preços variam entre os 300 e os 485 euros por pessoa, e na Casa do Lagar o preço está fixado nos 236,25 euros. Há, ainda, a possibilidade de o hóspede fazer noite extra, sendo que na Casa das Pipas o valor fixado varia entre os 60 e os 110 por pessoa, enquanto na Casa do Lagar o valor é de 40 euros.
Um bom 2010 com enólogos distintos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Após um ano, Artslab faz balanço positivo da “obra feita” e arranca com projecto na internacionalização de novos artistas nacionais!



Em dia de aniversário o Artslab expõe trabalho de Alexandre Santos, uma obra baseada em colagens

O estúdio de arte Artslab vai comemorar, no próximo dia 27 do corrente mês, o seu primeiro aniversário. Para celebrar a data, estão já a ser ultimados os preparativos para um grande evento onde será, também, apresentado em exposição o mais recente trabalho do artista Alexandre Santos.

Após um ano, Artslab faz balanço positivo da “obra feita” e arranca com projecto na internacionalização de novos artistas nacionais!

Há cerca de um ano que o mercado de arte conta com a existência de um estúdio verdadeiramente inovador no conceito: o Artslab. Este espaço, localizado no Centro Empresarial Lionesa, em Matosinhos, pretende fazer a ponte entre artistas, amantes de arte e investidores e conta para isso com uma alargada rede de contactos no mundo da arte, através dos quais os seus clientes podem encontrar a obra que lhes falta em qualquer parte do mundo.

No próximo dia 27 de Novembro o Artslab vai comemorar um ano de existência com uma exposição do pintor Alexandre Santos, denominada «downtown». A iniciativa enquadra-se no novo projecto de internacionalização de artistas nacionais e na introdução de novos criadores estrangeiros no mercado nacional.
As responsáveis pelo estúdio de arte, Cristina Gama e Fernanda Araújo, têm estabelecido acordos com galeristas de várias cidades do mundo, designadamente em Nova Iorque, Barcelona, Buenos Aires ou Florianopolis, obtendo, desta forma, um intercâmbio bastante diversificado.
Assim, e neste contexto de internacionalização, Alexandre Santos mostra no Artslab uma obra baseada em colagens, partindo em seguida para a cidade de Barcelona, onde já tem programada uma mostra do seu trabalho no final do corrente ano.
O autor vê na pintura “uma forma de expressão muito livre, sem regras ou qualquer tipo de preocupação com a forma de comunicar, tirando algumas preocupações estéticas e visuais, sinto-me muito liberto quando pinto”, diz.

Resta referir que Júlio Pomar, Vieira da Silva, Arpad Szenes, Júlio Resende, Paula Rego, Cargaleiro, Tãpies, são só alguns dos nomes que podem ser apreciados e adquiridos no Artslab.
Neste estúdio de arte não existe um catálogo fechado, mas um espaço dinâmico, em que os clientes podem aceder às últimas novidades do mercado de arte.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009




«Operação Nariz Vermelho» é a convidada especial da INAIN no evento de apresentação da «09’COLLECTION» da Minotti.

No próximo dia 19 de Novembro, quem passar no showroom da INAIN - Interiores, situado no número 753 da Rua João de Deus, no Porto, poderá conhecer de perto os novos ambientes, especialmente criados por Mário Azevedo e Paula Ferreira Alves, para dar a conhecer a mais recente colecção da Minotti – «09’COLLECTION».

INAIN mostra últimas novidades da Minotti
em evento, também, com carácter solidário!

As novidades da mais recente colecção da Minotti, a «09’COLLECTION», vão ser apresentadas no showroom da INAIN- Interiores, no próximo dia 19 de Novembro, entre as 19h00 e as 21h30, num evento que será também marcado pelo cariz solidário, com a presença de um convidado especial: a instituição «Operação Nariz Vermelho»!
Esta iniciativa, do gabinete de arquitectura de interiores liderado por Mário Azevedo e Paula Ferreira Alves, pretende dar a conhecer as novas propostas da Minotti, de onde se destacam os novos sistemas de sofás, consolas e mesas «Williams». De acordo com os referidos responsáveis, “a «09’COLLECTION» capta de imediato a nossa imaginação pelo seu notável carácter estético, proporções ergonómicas e a imediata sensação de conforto que transmite”. Sejam standard, quadradas ou mistas, as propostas permitem uma panóplia de combinações que vão do formal ao informal para fazer frente aos desafios que o quotidiano contemporâneo exige, tornando este sistema único no mercado. Os diferentes tamanhos e formas das consolas e mesas permitem ainda que, em conjunto com os sofás, a decoração se torne fluida, ergonómica e inesperada.
Mas há muito mais para ver, numa colecção de mobiliário que se traduz numa fusão perfeita entre o clássico e o moderno, o simples e o rebelde.

«Operação Nariz Vermelho»:
é a convidada especial

Para além do carácter lúdico deste evento, a INAIN- Interiores decidiu associar-lhe também um carácter solidário. Assim, a convidada especial desta noite será a instituição «Operação Nariz Vermelho». Esta instituição tem como missão desanuviar a experiência das crianças internadas em unidades de saúde hospitalar. Os seus «doutores palhaços», como são chamados, visitam, por ano, 31 mil crianças nos hospitais das três principais cidades portuguesas (Lisboa, Porto e Coimbra), estimulando o lado saudável da criança doente, transmitindo confiança e auto-estima.
Para Mário Azevedo e Paula Ferreira Alves, “todos nós, sociedade civil, temos que ter, cada vez mais, consciência social e interesse por instituições que agem em prol do próximo, dos mais desfavorecidos, dos mais carenciados ou desafortunados. O convite para a instituição «Operação Nariz Vermelho» estar presente foi a forma que encontrámos de contribuir e, simultaneamente, divulgar este importante projecto”.
Os presentes serão convidados, assim, a colaborar com os «doutores palhaços», contribuindo com um donativo que será depositado no interior de um recipiente e, no final do evento, as verbas recolhidas reverterão integralmente para a «Operação Nariz Vermelho».

INAIN: há mais de 15 anos
ao serviço do design…

A INAIN enquadra-se num nicho de mercado onde apenas têm lugar os produtos topo de gama. Aqui encontram-se as marcas de grandes criadores internacionais, como a Vitra, a Paola Lenti, a Living Divani, a Fritz Hansen ou a Minotti.
Para a casa, e tendo como meta o alcance de uma estética do conforto, a INAIN oferece ambientes que conjugam o design de vanguarda e o sentido cosy. Outra das apostas da INAIN é o interiorismo – no âmbito deste serviço procede à organização de espaços, quer no que concerne aos aspectos funcionais, quer no que toca aos pormenores estéticos.
O tipo de clientes que procura a equipa da INAIN – liderada por Mário Azevedo e Paula Ferreira Alves – pretende, a par de uma decoração personalizada, encontrar a qualidade e o “living style” que só as grandes marcas lhe podem garantir.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

«Edifício do Parque» – primeiro projecto de habitação com certificado em sustentabilidade



A RAR Imobiliária apresenta hoje o andar modelo do «Edifício do Parque», o primeiro edifício de habitação em Portugal a ser certificado a nível da conformidade e qualidade técnica de construção e sustentabilidade. Com uma localização privilegiada, entre o Parque da Cidade e a praia, este empreendimento resulta de um investimento de cerca de os 44 milhões de euros e estará concluído no primeiro semestre de 2010.
«Edifício do Parque» – primeiro projecto
de habitação com certificação em sustentabilidade

Localizado em Matosinhos, e abarcando uma área de cerca de 30 mil metros quadrados acima do solo, o «Edifício do Parque», da RAR Imobiliária, goza de uma localização privilegiada entre o Parque da Cidade do Porto e as praias da Foz do Douro e Matosinhos.
Da autoria do arquitecto Rogério Cavaca, o «Edifício do Parque» resulta de um investimento de 44 milhões de euros e incluirá 117 fracções, que vão do T1 ao T6-1 duplex, com áreas amplas, que variam entre os 85 e os 420 metros quadrados.
Neste momento, o edifício encontra-se em fase final de acabamentos, com a conclusão da empreitada prevista para meados do próximo ano. Os preços médios por metro quadrado variam entre os dois mil e os dois mil e quinhentos euros.





Sustentabilidade
O «Edifício do Parque» será o primeiro edifício a caminho da Certificação da conformidade da Qualidade Técnica e Certificação Sustentabilidade DomusNatura. Sendo esta uma linha orientadora da gestão da RAR Imobiliária, a distinção – monitorizada pelo Grupo SGS, líder mundial desta actividade – compreende um sistema de certificação que conjuga o factor qualidade com os três pilares da sustentabilidade – o económico, o social e o ambiental.
Entre outras vantagens, destacam-se a redução de consumos energéticos, a qualidade do ar interior, a reutilização de águas pluviais e o conforto térmico.
Para lá do enquadramento privilegiado, o «Edifício do Parque» irá dispor de uma série de equipamentos pensados para o bem-estar dos seus habitantes, designadamente um Health Club, que ficará situado na cobertura do corpo central do edifício e voltado para o Parque da Cidade, bem como uma zona ajardinada – com 12.600 metros quadrados –, completamente envolvida pela forma em «U» do edifício e que servirá como espaço natural de tranquilidade e lazer.
Design de interiores e inovação
à medida do cliente da RAR

Um dos pilares estratégicos da RAR Imobiliária criado há cerca de um ano e chama-se «Design Factory». Trata-se de um gabinete de inovação e design que tem como uma das suas principais funções criar espaços e estabelecer relações estéticas e funcionais adequadas ao lifestyle do cliente da RAR Imobiliária. O Design Factory é assim uma fonte potencial de oportunidade, estimulando a inovação e a criatividade em cada projecto imobiliário.




Como não poderia deixar de ser, o andar modelo do «Edifício do Parque», agora apresentado, teve a intervenção do gabinete «Design Factory» que coordenou toda a decoração, tendo contado também com a participação de conceituados decoradores e gabinetes de arquitectura de interiores, designadamente, a «Empatias» que ficou encarregue da decoração do quarto adolescente e da sala de TV, a «Marta’s», a quem coube a tarefa de decorar a sala de jantar e a sala de estar e, por último, o gabinete «Cassio Associados» que decorou a suite principal, o quarto de criança, bem como, o hall de entrada.

RAR IMOBILIÁRIA
A RAR Imobiliária, empresa do Grupo RAR, dedica-se à promoção imobiliária de empreendimentos residenciais de qualidade. Dirigindo a sua oferta para o segmento alto do mercado, tem visto ser reconhecida a sua capacidade de inovação – duas vezes “Melhor Projecto” no salão imobiliário de Lisboa. O seu compromisso com a Sustentabilidade leva-a a ser pioneira em Portugal na certificação Domus Natura.
www.imobiliaria.rar.pt


GRUPO RAR
O Grupo RAR integra um portfólio de negócios diversificado, que inclui as áreas de embalagem, alimentar, imobiliária, serviços e turismo. Presente em Portugal, Alemanha, Espanha, Polónia e Reino Unido, emprega cerca de 5.400 colaboradores. Em 2008, o Grupo obteve vendas consolidadas de 903 milhões de euros.
www.rar.pt

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

ANPME elege «Long Win»






Long Win e a Associação Nacional de Pequenas e Médias Empresas celebraram um protocolo segundo o qual o cluster de empresas fica responsável por desenvolver e identificar oportunidades de negócios nos países da CPLP para as empresas portuguesas.

ANPME elege «Long Win» como parceiro para ajudar
empresas portuguesas a investir nos países da CPLP

A Long Win, um cluster de empresas que ajuda à internacionalização das empresas portuguesas no mercado da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, e a Associação Nacional de Pequenas e Médias Empresas (ANPME) celebraram um protocolo de cooperação que incumbe a primeira como responsável pela identificação de oportunidades de negócios nestes países.
Mário Pimentel, CEO da Long Win, considera que este acordo é “o reconhecimento por parte da ANPME, que tem sob a sua alçada os projectos de internacionalização das pequenas e médias empresas, de que a Long Win tem um conjunto de pessoas e competências capazes de estabelecer a ponte com as entidades responsáveis destes países, fruto do nosso conhecimento do terreno”.
À Long Win caberá desenvolver e identificar negócios e parceiros, bem como ajudar na tramitação de todo o investimento estrangeiro nos países de destino. Depois de celebrados os contratos, a Long Win ficará, ainda responsável por fazer o acompanhamento das várias fases do processo, desde a instalação ao arranque do projecto.

Missão empresarial
vai a Angola este mês

Neste momento, numa organização da Long Win, uma missão empresarial portuguesa estará em Angola de 22 a 27 deste mês. A comitiva integra empresários ligados a sectores de actividade tão distintos como a hotelaria e turismo, construção, novas tecnologias, educação, saúde, calçado, construção, gestão ambiental ou energias renováveis. Sendo Angola um mercado considerado prioritário para as exportações portuguesas, face não só aos laços históricos, mas também ao crescimento económico que tem vindo a registar, esta é uma oportunidade para “estabelecer parcerias de negócios, criando investimento directo em Angola, juntamente com os empresários locais”.
De acordo com Mário Pimentel, CEO da Long Win, “estamos a actuar em todos os sectores de actividade económica: agricultura, indústria, comércio e serviços. Actualmente Angola tem sido o nosso grande enfoque devido aos rácios macroeconómicos que o país tem vindo a apresentar nos últimos anos”. No entanto, as negociações com o mercado brasileiro “estão numa fase já muito avançada e, até ao final deste ano, início do próximo, já estaremos, certamente, a servir clientes também nesse mercado”.
A Long Win actua, fundamentalmente, em duas áreas: na comercialização, distribuição e apoio logístico, bem como identifica entidades investidoras ou parceiros estratégicos de negócio, para as empresas suas associadas. “Nesta altura a empresa está numa etapa de franca expansão”, acentua Mário Pimentel, reforçando que “este cluster tem subjacente o aproveitamento de várias sinergias que uma empresa de pequena e média dimensão possui”.
As empresas que decidirem integrar este projecto têm garantida uma exclusividade sectorial, podendo usufruir de formação e participação em workshops informativos das características de cada mercado, bem como delinear estratégias conjuntas com os seus pares.
Mário Pimentel não tem dúvidas de que “este é um dos caminhos para combater os desequilíbrios provocados pela globalização da economia”. Este modelo de gestão, popularizado pelo economista Michael Porter em 1990, já deu provas da sua eficácia em todo o mundo, “o que nos permite acreditar no seu sucesso, até porque todas as pessoas que estão à frente deste projecto têm uma grande experiência de trabalho no terreno, conhecendo profundamente os mercados com os quais trabalhamos”.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Portal Vintage 2007 – um vinho de exelência



Um vinho austero de aspecto, mas delicado no trato…
Um ano agrícola completamente atípico permitiu o surgimento do «Quinta do Portal Porto Vintage 2007», que acaba de chegar ao mercado nacional. Depois do sucesso com o Vintage de 2003, as expectativas estão fundamente altas com este novo néctar feito das castas touriga nacional, tinta roriz, touriga franca e tinta barroca.

«Portal Vintage 2007» um vinho de excelência que acaba de chegar ao mercado!

Um ano absolutamente atípico em termos climáticos permitiu o surgimento do «Portal Vintage Port 2007», o primeiro vintage elaborado na nova adega de envelhecimento da Quinta do Portal, desenhada por Siza Vieira.
Este néctar, que está na linha dos produtos de excelência, com a chancela da Quinta do Portal, acaba de chegar ao mercado, por um preço recomendado de 24,50 euros.
Assim, e depois do enorme sucesso do «Portal Vintage 2003» – classificado como Melhor Vinho Fortificado do Mundo e Medalha de Ouro na Categoria de Portos, pelo International Wine Challenger 2006 –, este é o vintage seguinte da Quinta do Portal, e que se espera alcance tanto ao mais sucesso do que o seu antecessor.
Paulo Coutinho, enólogo da Quinta do Portal, descreve este porto como tendo “particularidades próprias, uma vez que está moldado às novas exigências do mercado, sem menosprezar a típica austeridade destes vinhos enquanto novos”. Paulo Coutinho classifica-o como “austero de aspecto, mas delicado no trato, retinto quanto baste, frutado com notas de ameixa e figo, num perfil limpo e puro. Equilibrado, quase sedoso no ataque, segue-se o tanino firme a vincar a sua presença, complementado com uma acidez e álcool devidamente irmanadas e potenciadoras”.
Os vinhos da Quinta do Portal têm recebido uma série de distinções a nível nacional e internacional. As mais conceituadas publicações mundiais da especialidade têm provado a indiscutível qualidade dos seus néctares. Já este ano, o «Quinta do Portal Grande Reserva 2006» obteve 94 pontos na «Wine & Spirits» e 92 na «Wine Spectator» e na «Wine Enthusiast». Também o «Quinta do Portal Colheita 2006» foi aclamado pela crítica internacional, tendo sido considerado «Melhor Compra» pela «Wine Spectator» (89 pontos) e pela «Wine & Spirits» (87). Recentemente, a Wine & Spirits colocou a Quinta do Portal entre as melhores cem adegas de todo o mundo.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Base da Ryanair no Porto apresentada a 3 de Setembro



A companhia aérea Ryanair apresenta oficialmente a sua primeira Base de Operações, em Portugal, no Aeroporto do Porto no próximo dia 3 de Setembro, numa cerimónia que terá lugar nesta estrutura aeroportuária.
Para comprovar a importância da presença da companhia irlandesa no aeroporto nada melhor do que analisar os números. Desde 2005, altura em que começou a operar no Porto, o número de passageiros e voos têm subido exponencialmente. De uma base inicial de 1484 voos e 234200 passageiros, há quatro anos, a Ryanair transportou no ano passado 7116 voos e 1063276 passageiros de/e para o Aeroporto Sá Carneiro. Nos primeiros seis meses do corrente ano, já 618271 passageiros tinham voado com a Ryanair a partir do Porto, mostrando que a crise económica global torna mais populares as tarifas baixas.

Trata-se da primeira companhia aérea estrangeira a basear parte da sua operação em território nacional, o que se reveste de uma importância fulcral para o Aeroporto do Porto, para a ANA Aeroportos de Portugal e para todos os sectores económicos que gravitam à volta desta infra-estrutura, como a restauração, hotelaria e comércio. É um investimento com que a companhia de baixo custo conta aumentar o tráfego para 1, 5 milhões de passageiros, criando mil e 500 empregos de forma directa e indirecta.

Mais recentemente, a companhia lançou dez novas rotas a partir da cidade invicta: Las Palmas, Tenerife Sul, Dusseldorf, Baden, Faro, (a operar a partir de Outubro) Basileia, Eindhoven, Tours, St. Etienne e Lille (a partir de Setembro). Assim, no total, são 22 os destinos disponíveis, sendo Londres, Madrid, Paris, Milão e Frankfurt os mais procurados.
A Ryanair é actualmente o segundo maior operador do Aeroporto do Porto e o acordo para a instalação da base, celebrado em Julho, é o reconhecimento das excelentes condições operacionais e qualidade de serviços prestados naquele aeroporto.

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que se tem destacado nos últimos anos por uma evolução do tráfego muito acima da média do sector, reforçará, com esta base, o seu crescimento sustentado. Com o aumento da oferta agora anunciado, o aeroporto passará a contar com 52 ligações directas, evidenciando, ainda mais, o seu posicionamento de grande aeroporto do noroeste peninsular. Por outro lado, aumentará o seu grau de atractividade na área de influência que serve e que inclui os habitantes da região da Galiza.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Colecção de Verão da Azaléia em Portugal pela mão da CDP


A Azaléia, líder de mercado no ranking de fabricantes de calçado da América Latina, promete trazer as portuguesas elegantemente calçadas neste Verão. A sua colecção está disponível no nosso país pela mão da CDP- Calçado de Portugal, que é a representante exclusiva da marca brasileira para o mercado nacional.
O público feminino pode encontrar nas colecções de sandálias da Azaléia a escolha mais acertada para os dias de Verão, por força do conforto que o calçado proporciona, sem descurar o design. Os vários modelos disponíveis proporcionam o uso deste calçado em qualquer situação, seja para uma simples ida à praia, para trabalhar, ou até mesmo para uma situação mais especial. Dos modelos mais ligeiros, com sola rasa e com pouca ornamentação, a modelos mais sofisticados, todos os exemplares dão um toque especial ao seu andar e deixam os seus pés confortáveis.
Os materiais usados na confecção destas sandálias vão da tradicional cortiça ao mais sofisticado verniz. Da paleta de cores destacam-se os tons mais quentes e os metalizados, em especial o dourado e o prateado.
A Azaléia está entre as maiores empresas do mundo no sector do calçado. Líder do segmento feminino no Brasil, esta marca produz os seus modelos baseando-se em pesquisas feitas por gabintes de designers da Europa e dos Estados Unidos. Trata-se de uma marca que pretende atingir todos os targets, por força do mix de exemplares que apresenta ao mercado.

Condomínio Foz Palace colocado em 65 por cento

Cerca de 65 por cento das fracções Condomínio Fechado Fozpalace, situado numa das mais nobres zonas da cidade do Porto, estão já comercializadas. O empreendimento está praticamente concluído, prevendo-se que as primeiras habitações – apartamentos T1 a T4 – sejam entregues aos seus proprietários já durante este mês de Junho e Julho.
Erguido pelo Grupo Fozpalace, e resultante de um investimento de cerca de 17 milhões de euros, este condomínio distingue-se pela excelente localização, na zona dos Pinhais da Foz, situando-se a “dois passos” do mar e da Avenida Marechal Gomes da Costa.
Outro dos seus pontos fortes é a extraordinária qualidade construtiva, tendo a empresa apostado em acabamentos topo de gama, como o soalho em sucupira, a carpintaria lacada ou as cozinhas «Gneisse», de design alemão. Factores que fazem destes apartamentos uma excelente opção no que toca à relação qualidade/preço.
Tendo sido construído nos terrenos de uma das mais antigas quintas da Foz, um dos conceitos do Condomínio Fechado Fozpalace passou por recriar o ambiente de outros tempos, preservando os elementos naturais. As árvores e as plantas ali existentes foram transplantadas e toda a envolvente do edifício foi arborizada e ajardinada, tendo sido ainda criados agradáveis percursos pedonais. Já a traça original dos muros e eira da piscina, assim como da belíssima capela, foram mantidas, preservando-se assim a memória do local.
Também o portão do empreendimento foi alvo de atenção especial, distinguindo-se pelo design inovador e pela conjugação da matéria-prima com a tonalidade utilizada, o que recria o espectro de entrada da antiga quinta. Desenhado pelo gabinete de Arquitectos Paulo Machado e Domingos Correia, resguarda o acesso à quinta, proporcionando a privacidade necessária aos proprietários.

Para informações suplementares colocamo-nos, desde já, ao dispor através dos seguintes contactos:
MSImpacto – Comunicação e Assessoria de Imprensa
Natacha Lima Reis ou Carla Soares Mendonça
Mail: info@msimpacto.com natacha.reis@msimpacto.com carla.mendonca@msimpacto.com
Telef. 22 203 3028 Fax 22 2087421 Móvel 96 2679553Mail: info@msimpacto.com site: http://www.msimpacto.com/

Oportunidades únicas nos saldos da Soraya!

A Soraya, marca especializada em tapeçaria oriental, tem em marcha uma campanha de saldos com descontos que atingem os 70 por cento. De entre as peças que estão a um preço mais acessível, destaque para os tapetes orientais, em pele e alguns exemplares de tapeçaria mecânica. Um desses casos é a colecção Indo Jaipur, cujos tapetes estão a ser vendidos por menos 40 por cento do preço. Trata-se de uma colecção composta por peças únicas, 100 por cento em lã, de inegável requinte. Os tapetes são oriundos da Índia, onde são produzidos manualmente, seguindo as mais ancestrais técnicas de fabrico.

Quinta do Portal eleita «Winery of the Year»

A Quinta do Portal foi eleita «Winery of the Year» pela revista «Wine & Spirits», uma das mais conceituadas publicações do mundo especializadas em vinhos.
Todos os anos, os painéis de provas cegas desta revista norte-americana avaliam mais de nove mil vinhos, seleccionando os melhores para depois serem provados pelos seus críticos.
A lista anual de «Wineries of the Year» é constituída por marcas que produzem uma gama de vinhos cujas pontuações atingem os valores mais altos nas respectivas categorias. Foi o que aconteceu com os néctares produzidos pela Quinta do Portal, que se classificaram assim entre os melhores no top dos vinhos produzidos na Região Demarcada do Douro.
A título de exemplo, é importante recordar que o «Quinta do Portal Grande Reserva 2006» obteve 94 pontos, a mesma nota atribuída ao «Quinta do Portal Reserva 2005». Já o «Quinta do Portal Grande Reserva 2003» foi eleito vinho tinto do mês, em Outubro, com 93 pontos.
Graças a esta conquista, a Quinta do Portal figurará como «Winery of the Year» no Guia de Vinhos de 2009 da «Wine & Sprits», que será lançado em meados de Outubro. Entretanto, no dia 14 do mesmo mês, irá realizar-se em S. Francisco (EUA) a gala do TOP 100 desta revista.
Implantada no vale do rio Pinhão, a Quinta do Portal dedica-se com toda a paixão ao conceito de boutique winery, produzindo vinhos DOC Douro, Vinhos do Porto de categorias especiais e Moscatel, bem como, mais recentemente, do azeite «Portal».


Para informações suplementares colocamo-nos, desde já, ao dispor através dos seguintes contactos:
MSImpacto – Comunicação e Assessoria de Imprensa
Carla Soares Mendonça Natacha Lima Reis
Mail: info@msimpacto.com natacha.reis@msimpacto.com carla.mendonca@msimpacto.com Site: www.msimpacto.com
Tel.: 22 203 3028 Fax: 22 2087421 Móvel: 96 2679553

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Casa das Pipas apresenta programa «Vindimas no Douro»

Enquanto os dias mais quentes deste Verão dão os retoques finais às uvas de onde nascerão os próximos néctares da Quinta do Portal, está tudo a postos para que a vindima volte a ser inesquecível.
Com esses dias únicos em vista, a «Casa das Pipas», localizada em Celeirós do Douro, Sabrosa, tem já disponível o programa especial «Vindimas no Douro», para que se possa desfrutar ao máximo de cada detalhe ligado ao início da produção do vinho.
Este pacote inclui duas noites de alojamento na «Casa das Pipas» ou na «Casa do Lagar», pequeno-almoço, um passeio de barco no rio Douro, uma visita à adega da Quinta do Portal, uma prova de vinhos e um jantar vínico com menu de degustação confeccionado pelo chef desta unidade de enoturismo, Milton Ferreira.
Entre as iguarias preparadas para este jantar, destaque para as patasniscas de azeitona com pequena salada de feijão-frade e emulsão de ervas, para o brás de Alheira em redução de Quinta do Portal Porto LBV 2003 ou, ainda, para o cabritinho assado com alecrim, molho de uvas caramelizadas, torta de grelos e risotto de açafrão.
O preço deste programa vai dos 200 aos 300 euros por pessoa na Casa das Pipas e ainda, para quem optar pela Casa do Lagar, dos 200 aos 265 euros por pessoa.
Situada no coração da ímpar Região Demarcada do Douro, a Quinta do Portal tem vindo a ser consecutivamente reconhecida mundialmente, quer pelos seus vinhos, quer pela sua unidade de enoturismo. Além das medalhas e dos prémios conquistados pelos seus néctares, também a Casa das Pipas tem recebido inúmeras distinções. Já venceu duas vezes prémios do Best of Wine Tourism (2007 e 2009) e acaba de vencer, pelo segundo ano consecutivo, o «Galarão Internacional Chave Verde». A prestigiada revista norte-americana «Forbes» elegeu mesmo, recentemente, a Quinta do Portal como um dos dez melhores destinos vinhateiros de todo o mundo.

Para informações suplementares colocamo-nos, desde já, ao dispor através dos seguintes contactos: Carla Soares Mendonça Natacha Lima Reis
Mail: info@msimpacto.com natacha.reis@msimpacto.com carla.mendonca@msimpacto.com Site: www.msimpacto.com
Tel.: 22 203 3028 Fax: 22 2087421 Móvel: 96 2679553

Ryanair voa para Las Palmas e Tenerife Sul a partir do Porto

Menos de um mês depois de ter anunciado a abertura da sua primeira base em Portugal, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a Ryanair acaba de lançar duas novas rotas a partir do Porto: Las Palmas e Tenerife Sul, nas ilhas Canárias.
Estas viagens, que terão início já no mês de Outubro, irão aumentar a procura por parte não só dos portugueses, mas também do mercado galego, o que consolidará, ainda mais, o Aeroporto do Porto como o grande aeroporto do Noroeste Peninsular.
Para celebrar a criação destas novas rotas, a Ryanair irá disponibilizar 20 mil lugares gratuitos (excluindo taxas e encargos) para estes destinos, em viagens a efectuar entre 26 de Outubro e 19 de Dezembro. As reservas poderão ser feitas no site da companhia aérea irlandesa, até à meia-noite do dia 5 de Agosto.
Com mais esta aposta da Ryanair, são já sete os novos destinos, com origem no Porto, anunciados pela companhia desde o dia 2 de Julho, data em que foi tornada pública a instalação da sua Base no Aeroporto do Porto. Assim, no total, são já 19 os destinos disponíveis.
As rotas anunciadas este mês – Las Palmas, Tenerife Sul, Basileira, Eindhoven, Tours, St. Etienne e Lille – representam um crescimento de cerca de 14 por cento nas ligações do Porto.


Para informações suplementares colocamo-nos, desde já, ao dispor através dos seguintes contactos:
MSImpacto- Comunicação e Assessoria de Imprensa
Carla Soares Mendonça Natacha Lima Reis Paulo Maia
Mail: info@msimpacto.com natacha.reis@msimpacto.com carla.mendonca@msimpacto.com Site: www.msimpacto.com
Tel.: 22 203 3028 Fax: 22 2087421 Móvel: 96 2679553

«West Coast» traz calçado atraente para homens e mulheres!


A marca brasileira «West Coast» acaba de chegar ao mercado português com uma atraente e original colecção de sandálias para mulheres e calçado desportivo para o público masculino.
Dos modelos mais arrojados, como as sandálias «Bangalore», a outros mais discretos, como as «Gaya», a escolha é bem diversificada, adaptando-se aos diferentes gostos das mulheres que querem aproveitar os dias quentes do Verão para calçar bem.
Para homem, as sugestões passam maioritariamente por ténis, ou então por sandálias mais desportivas, de cores discretas e sempre pautadas pela qualidade indiscutível desta marca.
A «West Coast» foi fundada em Outubro de 1987, tendo surgido como uma marca de calçado disposta a inovar – no início, com uma colecção de botas e chinelos. Não havia nada parecido no país, pelo que o sucesso foi imediato.
Dez anos depois, a direcção decidiu mudar o rumo da empresa. Percebeu que o consumidor tinha mudado e adoptou visuais mais jovens e modernos, passando a assumir um look mais urbano. O calçado passou a ser desenvolvido de forma a adaptar-se a qualquer situação, do dia-a-dia profissional a uma saída nocturna.
Actualmente, a «West Coast» consolidou-se como uma das maiores e melhores marcas de calçados masculinos do Brasil.


Para informações suplementares colocamo-nos, desde já, ao dispor através dos seguintes contactos:
MSImpacto - Comunicação e Assessoria de Imprensa
Natacha Lima Reis Carla Mendonça
22 2087421 96 2679553 Mail: info@msimpacto.com