Número total de visualizações de página

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

«Grandes Quintas» vai ter edição especial para assinalar parceria com Guimarães Capital Europeia da Cultura



A Sociedade Agrícola Casa d’Arrochella, produtora dos vinhos Grandes Quintas, tornou-se Parceiro Oficial de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura. O protocolo assinado com a Fundação Cidade de Guimarães, entidade responsável pelo evento cultural, e com o Coliseu dos Recreios prevê que a Casa d’Arrochella, através dos seus produtos e das suas acções, promova a divulgação de Guimarães 2012.
Como forma de assinalar uma data tão importante para a cidade de Guimarães, a Casa d’Arrochella conta lançar em 2012 uma edição especial do Vinho Grandes Quintas, com um packaging especial que faça alusão a esta parceria.
“Se em 1852, quando Guimarães foi elevada a Cidade, coube à família Arrochella fazer as honras da casa, em 2012 e passados 160 anos, quando Guimarães for elevada a Capital Europeia da Cultura, caber-nos-á honrar a nossa Cidade com um vinho de excelência”, sublinha Bernardo de Arrochela Alegria, administrador da empresa.
Um evento de tão grande relevância a nível nacional e internacional como é o caso de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura não poderia deixar de merecer a atenção da Casa d’Arrochella, não só pelo prestígio inerente a este tipo de iniciativa, mas também devido às origens vimaranenses dos seus proprietários e às fortes ligações que estes ainda mantêm à cidade.
Bernardo de Arrochella Alegria, administrador da Casa d’Arrochella e também do Coliseu dos Recreios, sublinhou o orgulho sentido pelo facto de Guimarães ser, durante um ano, palco de acontecimentos culturais de enorme relevo: “A nossa paixão e entusiasmo pelo Douro Superior não nos fazem esquecer a nossa origem vimaranense e o enorme orgulho de Guimarães ser Capital Europeia da Cultura em 2012 por mérito próprio”. Recorde-se que o Palácio Vila Flor, um dos monumentos mais carismáticos da cidade-berço, que alberga hoje um Centro Cultural de referência a nível nacional, já pertenceu à família Arrochella.
De resto, estas fortes ligações a Guimarães contribuíram para o protocolo agora assinado, que prevê que a partir do final deste ano a Casa d’Arrochella promova, através dos seus vinhos, uma série de acções destinadas a divulgar Guimarães 2012. Acções que vão ocorrer também no Coliseu de Lisboa, parceiro privilegiado que vai colaborar na divulgação do evento, venda de bilhetes e promoção conjunta de espectáculos que possam acorrer em 2012 em Lisboa e em Guimarães.
Sociedade Agrícola Casa d’Arrochella
Com cerca de 600 hectares, 115 dos quais de vinha, distribuídos por cinco quintas – Quinta do Cerval, Quinta do Nabo, Quinta das Trigueira, Quinta de Vale d´Arcos e Quinta da Peça –, a Casa d’Arrochella integra-se numa nova geração de produtores de vinho da Região Demarcada do Douro. É na sub-região do Douro Superior, entre Vila Flor, Moncorvo e Vila Nova de Foz Côa que o projecto é desenvolvido com a paixão e o envolvimento cultural de quem tem uma ligação secular ao Douro. A sua adega, totalmente equipada segundo os mais rigorosos critérios em vigor, tem capacidade para a produção de cerca de 300 mil litros, com dois lagares de granito e cubas de fermentação em inox.
Resta referir que o acompanhamento técnico às vinhas é da responsabilidade do eng. Luís Carvalho, uma autoridade nesta área, enquanto os vinhos são produzidos sob a supervisão do conceituado enólogo duriense Luís Soares Duarte.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Espumantes Vértice distinguidos pela Wine Advocate



É uma das notas mais altas de sempre atribuídas pelo crítico de vinhos Robert Parker a um espumante português. O «Vértice Espumante Gouveio Bruto 2004», produzido pelas Caves Transmontanas, mereceu 90 pontos na crítica publicada na prestigiada revista Wine Advocate. Este espumante, feito exclusivamente da casta Gouveio, mostra-se poderoso, equilibrado e crocante, apresentando uma densidade muito boa. Proveniente do Cimo Corgo, o «Vértice Espumante Gouveio», teve vinificações de 50% em inox, a uma temperatura compreendida entre os 13 e 16º, com o intuito de enaltecer os aromas primários, e os restantes 50% em barricas de carvalho francês. Dados os altos critérios de qualidade, só foram para o mercado 5 890 garrafas.
Esta foi a nota mais alta atribuída pela referida crítica, mas outros três espumantes mereceram também distinções pela revista: o «Espumante Pinot Noir CC&CP», co-produzido pelo enólogo das Caves Transmontanas, Celso Pereira, e por um produtor bairradino, Carlos Campolargo, com 89 pontos; o «Vértice Espumante Bruto Reserva 2007», com 88 pontos e o «Vértice Rosé Espumante Bruto 2009» com 87 pontos. Robert Parker faz ainda menção nos seus escritos à qualidade crescente dos vinhos de mesa produzidos pelas Caves Transmontanas e à renovação efectuada recentemente no portfólio de vinhos.
A história do produtor «Caves Transmontanas» remonta ao início dos anos 80, num ambicioso projecto de produção de espumantes de qualidade superior. A aliança da Schramsberg Vineyards & Cellars da Napa Valley com as Caves Riba Tua e Pinhão no Alto Douro originaram a fundação das «Caves Transmontanas», que começou a sua actividade comercializando espumantes com a chancela de qualidade de uma das mais antigas regiões demarcadas do mundo, mais propriamente o Cimo Corgo.
Atingidos os objectivos iniciais com os espumantes «Vértice», rapidamente se passou para a produção de vinhos DOC/Douro, com o mesmo sucesso. A produção traduz-se num cuidado personalizado e com altos padrões de qualidade, atenta ao detalhe em detrimento da produção de massa, factores que ditam que muitas colheitas sejam rejeitadas por não atingirem os patamares de excelência que a empresa impõe ao mercado e a si própria. Resta referir que os espumantes «Vértice» são comercializados, em Portugal, pela Vinalda.

Jantar de Ano Novo em casa sem ter de passar o dia na cozinha!





Para oferecer um jantar de reveillon inesquecível não é preciso passar o último dia do ano na cozinha. Dedique-se à decoração da casa e à escolha da roupa certa, porque o bbgourmet trata do resto!
Receber a família e os amigos em casa na noite de passagem-de-ano não significa passar horas na cozinha para ter na mesa as melhores opções gourmet e a doçaria tradicional da época. O grupo de restauração bbgourmet poupa-lhe o trabalho e a preocupação, levando-lhe a casa os pratos típicos da quadra, como o polvo, o bacalhau ou o peru, sem esquecer doces como o bolo-rei, as trouxas-de-ovos, bolo de chocolate ou o pudim abade Priscos. São pratos confeccionados com a garantia de qualidade destes restaurantes portuenses, que têm na excelência da escolha dos produtos e na preparação das refeições as suas imagens de marca.
A sofisticação da última refeição do ano fica assim garantida, permitindo-lhe ter tempo livre para decorar a casa, preparar todos os detalhes da festa e escolher a toilette mais indicada para uma noite de glamour e alegria. Uma forma perfeita de impressionar os convidados e de encarar a chegada do novo ano sem qualquer tipo de preocupação.
As entregas ao domicílio têm lugar nos dias 29, 30 e 31 de Dezembro e podem ser adquiridas antecipadamente, já que são preparados com técnicas que garantem durações prolongadas. As refeições são pré-cozinhadas, pelo que apenas é necessário finalizá-las em casa num curtíssimo espaço de tempo. Os menus são acompanhados da guarnição habitual nestes pratos, como a batata e penca cozidas, migas de grelos e molho fervido de cebola e colorau. A doçaria, uma das imagens de marca do bbgourmet, faz parte deste pacote de entregas, onde constam o indispensável bolo-rei, pão-de-ló, pudim abade Priscos, papos de anjo, bolo de chocolate, fios de ovos, trouxas de ovos, rabanadas e sonhos. As encomendas podem ser feitas através do endereço electrónico geral@bbgourmet.net ou marcando o 226093289. Caso dispense a entrega ao domicílio, os menus podem ser levantados no bbgourmet Maiorca, cuja morada é: Rua António Cardoso, 301, no Porto.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Meliã Gaia Porto desvenda, aos mais pequenos, as delícias da culinária natalícia!




O gosto pela cozinha não conhece idades e são muitas as crianças que desde cedo manifestam curiosidade pela forma como se confeccionam os pratos, assim como vontade de ajudar nas tarefas de preparação de refeições. Com a aproximação do Natal, cresce a azáfama na cozinha e é difícil manter os mais pequenos afastados daquele local especial onde nascem as iguarias que vão fazer as delícias de toda a família. O Hotel Meliã Gaia Porto pensou em todos estes pequenos chefs e vai proporcionar-lhes a oportunidade de poderem aprender como se fazem e decoram os cupcakes de Natal. Depois deste workshop vai ser difícil mantê-los afastados da cozinha e impedi-los de contribuírem, com as suas receitas, para a mesa da quadra festiva.
Divertidos, coloridos e muito deliciosos, os cupcakes são uma maneira original de iniciar os mais novos nas artes culinárias e de incentivar a criatividade na forma como se decoram os bolos. Este «Curso de Cozinha para Crianças», além de proporcionar aos petizes a oportunidade de ficarem a conhecer os «bastidores» de um grande hotel, algo que a maioria só viu através dos filmes, pode ser também um excelente presente de Natal que, quem sabe, poderá ajudar a descobrir futuros chefes de pastelaria.
O primeiro «Curso de Cozinha para Crianças» do Hotel Meliã Gaia Porto destina-se a crianças entre os 6 e os 12 anos e tem lugar no próximo dia 18 de Dezembro. Durante duas horas, a Chef Patricia Fernandes vai ensinar aos mais pequenos todos os truques e segredos para confeccionar e decorar os referidos cupcakes de Natal.
O workshop tem um custo de 20 euros por criança, que inclui todo o material usado na preparação dos bolos, bem como um lanche no final desta lição de culinária. As inscrições podem ser feitas pelo 223 747 500.
O Meliá Gaia Porto:
O Hotel Meliá Gaia Porto renovou recentemente o lobby e a área de restauração, que conta agora com dois espaços bastante acolhedores e ideais para desfrutar da boa gastronomia e para conviver: o restaurante «Food & Friends» e zona do bar. Esta unidade hoteleira situa-se na zona residencial de Vila Nova de Gaia e goza de uma localização que permite aos clientes usufruir de uma das melhores vistas panorâmicas sobre as cidades do Porto e Gaia.
Estrategicamente situado a escassos minutos das mundialmente conhecidas caves de Vinho do Porto e do Centro Histórico, Património Mundial da Humanidade, tem também num curto raio de quilómetros os maiores centros de negócios da Região Norte, como a Exponor e o Europarque, afirmando-se como o hotel ideal para negócios ou lazer. O complexo hoteleiro conta com 179 quartos e um luxuoso Spa com piscina de hidroterapia, tratamentos de saúde e beleza e tratamentos anti-stress. A pensar no cliente business em particular, mas em todos os clientes em geral, o conceito “in home out home” é especialmente valorizado no Hotel Meliá Gaia Porto que aposta num serviço personalizado e altamente acolhedor, onde pessoas e espaço “falam” a mesma linguagem.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

«New Faces» promete o melhor da vida na recepção a 2011





Alegria, convívio, boa gastronomia, os melhores vinhos e a sofisticação de um lugar único, com uma vista fabulosa. Dificilmente se pensa numa melhor forma de dizer adeus a 2010 e de entrar em 2011 com a certeza de que será um ano inesquecível. O «New Faces», um espaço recentemente inaugurado no Complexo de Piscinas da Granja, em Vila Nova de Gaia, promete fazer da passagem-de-ano um momento para relembrar durante muito tempo. A boa gastronomia, a excelência dos vinhos e a beleza da paisagem envolvente são já um compromisso a que o «New Faces» habituou os seus clientes. No reveillon, todas estas exigências serão superadas, criando um ambiente verdadeiramente especial.
Às propostas gastronómicas, cuidadosamente elaboradas pelo Chef Paulo Conde, com a consultoria do Chef Marco Gomes, juntam-se os melhores vinhos, seleccionados para uma harmonização perfeita com cada prato.
Assim, a noite começa pelas 19h00, com uma recepção de boas-vindas que serve de aperitivo para um resto de noite inesquecível. Uma selecção de vinhos, onde se inclui um exclusivo Quinta do Valdoeiro Chardonnay 2010 acompanha uma diversidade de entradas onde se destacam o Mini Carpaccio de novilho com rúcula e pesto ou os Chouxs com queijo roquefort.
Pelas 20h15 os convidados poderão ficar a conhecer alguns dos mais deliciosos pratos da cozinha do «New Faces», num menu de degustação verdadeiramente sofisticado, composto por duas entradas, dois pratos, uma sobremesa, café e petit-fours. Tudo isto acompanhado dos melhores néctares nacionais e estrangeiros.
A chegada do novo ano é celebrada com as tradicionais uvas passas e brindada com Quinta da Bagoeira Baga e Chardonnay, antecedendo várias horas de animação proporcionadas pela música ao vivo. Pela 1h30, é altura de descansar um pouco, aproveitando para saborear mais um exemplo da excelência gastronómica deste espaço “à beira mar plantado”: perna de vitela flamejante laminada ao momento com pãezinhos. Os queijos, frutas e sobremesas como a Charlotte de frutos silvestres ou os Papos de Anjo em Calda vão ajudar a repor as energias dispendidas na pista de dança. A festa continua pela noite dentro, com uma ligeira pausa pelas 3h30, altura em que é servida uma reconfortante sopa de cebola, croissants folhados, chocolate quente e sangria tinta e branca.
O reveillon do «New Faces» tem o preço de 120 euros, com bebidas incluídas. As reservas podem ser feitas pelo telefone 917 786 515 ou pelo e-mail info@newfaces.com.pt.

«New Faces»

Com uma vista deslumbrante sobre a Praia da Granja o «New Faces», um espaço situado no Complexo de Piscinas da Granja, apresenta uma cozinha de autor e uma vasta variedade de vinhos, aliadas à animação, criam uma atmosfera cosmopolita, convidativa ao convívio a qualquer hora do dia. Ocupa uma área de cerca de mil metros quadrados, repartidos por dois pisos. Apresentando uma decoração minimalista e acolhedora, tem como objectivo oferecer aos seus clientes um ambiente agradável, requintado e confortável, onde a qualidade e variedade das refeições, a que se alia um serviço de excelência, conjugam na perfeição os paladares e as emoções.
Este espaço conta, também, com uma cafetaria no piso superior. Nas noites, de quinta-feira a sábado, não falta animação do bar e no espaço lounge.
O «New Faces» promete levar à Praia da Granja o glamour de outros tempos. Durante o século XIX e até ao início do século XX a Granja, que chegou a ser considerada pela imprensa da época como “o bijou das nossas praias”, foi frequentada pela família real portuguesa, pela nobreza e por escritores como Eça de Queirós, Oliveira Martins, Sofia de Mello Breyner ou Antero de Quental. No século XXI, promete continuar a ser paragem obrigatória para todos os que gostam do requinte, sofisticação e glamour.

Horários de funcionamento:
Restaurante:
Das 12,30h às 15h e das 19,30h às 23h.
Aos fins-de-semana encerra às 24h.
Bar/Lounge:
De quinta-feira a sábado, das 20h às 2h
Cafetaria:
Das 9h às 20h

Encerra às segundas-feiras

Morada:
Rua Engº Rocha Melo, 1
Piscinas da Granja
4405 – 54 Arcozelo, Vila Nova de Gaia
Reservas: 917 786 515 ou info@newfaces.com.pt

Sabores do Douro para o Natal



Natal é tempo de partilhar o que de melhor a vida tem, como os paladares inconfundíveis dos produtos nascidos numa região única, considerada Património da Humanidade. A Quinta do Portal, berço de alguns dos melhores vinhos do Mundo, propõe para este Natal alguns dos sabores da região transmontana. Para oferecer ou para desfrutar nesta época festiva.
Outra opção de oferta é um pack composto por um vinho «Portal Tinto Colheita 2008» e três compotas (viosinho, cereja e moscatel).
Uma união perfeita para presentear apreciadores exigentes ou para tornar mais requintadas as refeições durante a época festiva.
Esta segunda sugestão tem um preço indicativo de 35 euros.
A primeira sugestão alia dois dos sabores mais tradicionais e apreciados, símbolos do que de melhor se produz em Portugal:
o vinho e o azeite. Nascidos nas encostas durienses e produzidos com toda a qualidade e cuidado que a Quinta do Portal
dedica aos seus produtos, são uma excelente opção para presentear os amigos ou familiares que não prescindem de ter
o melhor de Portugal na sua mesa. O preço indicativo para este conjunto, embalado numa caixa de madeira, é de 23,50 euros.