Número total de visualizações de página

terça-feira, 8 de junho de 2010

Quinta do Portal junta ao seu portfólio vinho verde de qualidade superior



A Quinta do Portal acaba de acrescentar ao seu portfólio, sob a capa da marca Trevo, um vinho verde de grande qualidade, produzido em associação com um produtor de referência da região demarcada de vinhos verdes.
O Trevo Branco e o Trevo Rosé direccionam-se, sobretudo, para o mercado de exportação e são uma aposta da quinta duriense no mercado dos vinhos verdes, que têm vindo a ganhar cada vez mais notoriedade, acompanhando uma tendência do consumidor para requerer vinhos com um teor alcoólico mais baixo.
Numa altura em que o Verão está à porta e pede um néctar mais fresco, o Trevo Branco é o vinho ideal para acompanhar uma refeição de peixe, mariscos ou carnes brancas. De paladar jovem, fresco e elegante, com acidez perfeita, o Trevo Branco provém de castas tradicionalmente utilizadas para a Região Demarcada dos Vinhos Verdes, em particular da Sub-região do Sousa, como a Loureiro, Trajadura ou Arinto. Com um baixo teor alcoólico (11% de volume) e cor citrina, é um vinho que deve ser servido a uma temperatura de 8 a 10ºC.
O Trevo Rosé é obtido exclusivamente a partir da casta Espadeiro e trata-se de um vinho seco produzido apenas em anos de grande qualidade. É um vinho delicado e persistente de cor rosada com aromas de fruta muito próprios de cada casta. Na boca sente-se toda a fruta do nariz e a sua frescura natural faz ressaltar o seu carácter frutado. Por ser jovem e delicado deve ser servido fresco, acompanhando carnes jovens ou aves.
Os vinhos Trevo marcam, também, outra inovação na Quinta do Portal. É a primeira vez que as garrafas usam o vedante screw-cap, que elimina ou diminui a ameaça de contaminação da tradicional rolha, permitindo que o vinho amadureça e desenvolva o seu carácter. Todavia, no mercado nacional será usada a tradicional cortiça, por força do hábito enraizado no consumidor português.
Sediada em Celeirós do Douro, Sabrosa, a Quinta do Portal dedica-se ao conceito boutique winery, e, até há pouco tempo, especialmente à produção de vinhos DOC Douro, vinhos do Porto de categorias especiais e moscatéis. Mais recentemente começou a produzir azeite e conta, ainda, no seu projecto com uma vertente enoturística assente em duas unidades de turismo que têm merecido vários prémios. Os galardões conquistados nacional e internacionalmente pelos seus vinhos têm conferido a esta empresa uma marca de qualidade e distinção