Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

II Projecto Casa mostra últimas propostas nas áreas da reabilitação urbana, design e arquitectura





A «II Projecto Casa - Evento de Arquitectura e Design», que tem lugar já no próximo mês, no recinto da Exponor, entre os dias 25 e 28 de Novembro, não é apenas mais uma mostra nesta área. Fruto de um programa recheado de iniciativas ambiciosas, a Projecto Casa mostra nos diversos espaços de exposição iniciativas peculiares e inovadoras, onde as mais recentes tendências nas áreas da reabilitação urbana, design e arquitectura marcam presença. “O principal objectivo desta mostra é o de se afirmar como um evento distinto, impar, que aposta na qualidade e excelência”, refere Carla Maia, responsável pela organização da feira, acrescentando que “os promotores serão incentivados a apresentarem as suas propostas, relacionando-as com as novas tendências do design e da arquitectura, com produtos arrojados, quebrando conceitos tradicionais de espaços”.

Reabilitação e reconstrução urbana são temas que entraram no léxico dos agentes imobiliários de há algum tempo a esta parte. Mas os números indicam que esta é uma prática que, em Portugal, está muito aquém daquilo que se faz no resto da Europa. Por isso, este será um momento para reflectir sobre esta temática, com a projecção de obras requalificadas de inegável mérito, ou com a realização de conferências com autoridades nesta matéria, onde a requalificação dos edifícios e o regresso por parte das pessoas ao centro da cidade do Porto estará em realce.
Nova estação, altura para mudar o aspecto da sua casa. Também aqui a Projecto casa tem propostas inovadoras para apresentar. Um conjunto de ambientes criados pelos arquitectos Correio Ragazzi é um dos projectos centrais do evento.
Aqui serão recriados espaços habitacionais, sugerindo ambientes, utilizando e combinando cores, texturas e revestimentos, materiais e acabamentos, agregando conceitos como a estética e a funcionalidade, numa oportunidade para incentivar os visitantes a renovar/redecorar as suas habitações. Ainda na temática do design, destaque para o enfoque colocado no Movimento Retro/Vintage, que terá várias iniciativas a ele ligado durante os quatro dias da feira.
Temas e iniciativas distintivos
– A participação activa da Ordem dos Arquitectos neste projecto, fruto de um protocolo estabelecido com a Exponor que visa colocar à disposição do grande público serviços de arquitectura, é uma mais-valia desta Projecto Casa. No recinto da feira estará montado um stand que permitirá o contacto directo e personalizado arquitecto/cliente, bem como arquitecto/empresa expositora

– Presença de dezenas de designers, das mais diversas áreas, numa óptica de promoção dos seus serviços, numa iniciativa da Associação Portuguesa de Designers

– Numa iniciativa do ateliê de arquitectura Plano B, realizar-se-ão várias actividades dinamizadoras da temática retro/vintage, com um maior detalhe dado à requalificação e reabilitação

– Ainda no que respeita à reabilitação e requalificação a PC On Air terá uma exposição dedicada a estas matérias, com a projecção de obras requalificadas que primam pela sua incontestada qualidade. Será, também, recriado o Mercado Porto Belo, que habitualmente se realiza na Praça Carlos Alberto.
Um grupo de finalistas do Instituto Politécnico de Viana criará, ainda, uma área lounge colocando em evidência o conceito retro/vintage. Uma outra exposição sobre o mesmo tema estará também na Projecto Casa, esta da responsabilidade do curso de DESIGN da ESEIG - Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão, do Instituto Politécnico do Porto.

– Reutilização e Inovação. Serão expostos objectos únicos criados a partir de materiais reciclados adaptados a estruturas de autor, numa mostra de liberdade criativa sobre os mesmos. A par desta exposição, estarão presentes no espaço algumas soluções inovadoras na utilização de impressão e textura, remodelação e decoração de interiores.

– Numa iniciativa denominada LAB Habitat marcará presença uma mostra de espaços interiores experimentais representativos de novos conceitos e novas formas de habitar, uma actividade desenvolvida pela ESART – Curso de Design de Interiores e Equipamento.

– Conferência sobre Arquitectura, numa organização do Núcleo de Arquitectos de Aveiro e Grupo Habitar – Associação Portuguesa para a Promoção da Qualidade Habitacional, comissariada pelo arquitecto Bruno Marques.

– 10 (es) Passos – recriação de 10 espaços, numa simbiose de produtos/mercados/designers/decoradores. Em locais distintos do evento, poderão ser encontradas soluções criativas e inovadoras no que diz respeito ao design e aos materiais

- Projecto Norte 41 Está nos projectos da Secção Regional Norte da Ordem dos Arquitectos, no âmbito da construção da sua nova sede. Impulsionar o Projecto Norte 41 – Centro de Arquitectura, Criatividade e Sustentabilidade. Uma ideia que tem como linhas-mestras a promoção de projectos de investigação, formação, divulgação e debate sobre os temas emergentes da arquitectura, dirigindo-se não só a arquitectos, mas também a profissionais do sector da construção e das indústrias criativas e a todos os interessados em temas como a sustentabilidade e a criatividade.