Número total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Reabilitação urbana do Centro Histórico do Porto é tema central da Projecto Casa



A necessidade de requalificar e reabilitar o património edificado, bem como os trabalhos e propostas mais inovadoras nestas áreas, serão temas centrais da II Projecto Casa, que estará patente na Exponor entre os dias 25 e 28 de Novembro.
A reabilitação do Centro Histórico do Porto vai ter um enfoque especial neste certame. Na Projecto Casa, o «Espaço Plano B» vai apresentar o seu projecto «Habitação Low Cost», a ser desenvolvido no centro do Porto, com particular incidência na Baixa e Centro Histórico. As bases deste projecto prendem-se com a renovação de prédios abandonados ou em mau estado, adaptando-os para habitação, maioritariamente T0 e T1, destinados a jovens estudantes ou trabalhadores. “Neste momento o Porto precisa urgentemente de pessoas a viver e habitar no centro. É fundamental para a reabilitação de uma cidade, ser vivida e habitada”, sustenta o arquitecto Filipe Teixeira, do referido espaço multi-artes.
A prática de reabilitação de edifícios está muito aquém daquilo que se passa nos restantes países europeus. Sendo essa uma aposta imprescindível para trazer de volta as pessoas para o centro das cidades, os arquitectos há muito que vêm reclamando um plano de intervenção e recuperação do património edificado. “Para o Porto, neste particular, era muito importante um plano de acção para a recuperação de um património que é da humanidade”, refere o arquitecto. Os anos 80 registaram um grande boom de construção à volta das grandes cidades, levando ao êxodo das pessoas dos grandes centros, numa política de gestão urbana e territorial discutível. Com os quarteirões já intervencionados vai-se registando um lento retorno ao centro das cidades, apesar do valor elevado que ainda é pedido por essas habitações.
A Projecto Casa – Evento de Arquitectura e Design regressa de 25 a 28 de Novembro ao recinto da Exponor, em Matosinhos, com um ambicioso e qualificado programa, onde as últimas tendências sobre reabilitação urbana, o design e a arquitectura serão os temas em destaque.