Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de agosto de 2013


Brilho e cores fortes  

aquecem o Outono|Inverno da Collove


A colecção Outono | Inverno da Collove continua a vestir a mulher elegante, feminina e multifacetada que aprecia roupa interior confortável sem abdicar de uma imagem sensual. Esta marca 100 por cento nacional, especializada em collants e roupa interior sem costuras, apresenta para os próximo Outono e Inverno uma linha de cores fortes e quentes que enfatizam o bordeaux, o verde ou o azul.

Para o tempo frio, a Collove continua a apostar na microfibra - para melhor assegurar o conforto da mulher em todas as situações e multiplica a variedade de peças - collants, meias, bodies, t-shirts, soutien e diferentes modelos de cuecas, em tons sóbrios e quentes, com um desenho único que marca a diferença no mercado.
Este ano, os collants e meias apresentam, e de acordo com as tendências de moda internacionais, uma grande variedade de padrões, opacos ou transparentes. Para além dos produtos referidos, há a realçar as leggings que, este ano, continuaram a imperar.
Comercializada pela Custoitex, a marca Collove está presente, para além de todo o território nacional, nos mercados norte-americano e europeu, depois de ter, recentemente, avançado para a internacionalização. Desde que foi criada, em 1976, mantém-se como uma empresa familiar com elevado know-how na produção de collants e roupa interior sem costuras. A gerência da empresa, que emprega cerca de 80 pessoas, é da responsabilidade de Sandra Morais.
 

Já a partir de sexta-feira, 6 de Setembro

Feira mais doce de sempre

na Exponor com o Cake Alive 2013

 
São três dias de deliciosas propostas na Exponor. O Cake Alive Porto, que se realiza já de 6 a 8 de Setembro, vai ser palco para os melhores profissionais nacionais e estrangeiros apresentarem trabalhos inovadores na arte de elaborar e decorar bolos, assim como para a revelação de novos talentos.
Vários concursos terão lugar durante os três dias do certame, vocacionados para dinamizar a feira e chamar profissionais e público em geral a interagirem e a mostrar as suas potencialidade na arte de decorar bolos.

Uma dessas iniciativas é o concurso por equipas «A Fauna», organizado pela Associação Nacional de Cake Designers, com o apoio da Exponor, onde seis equipas, cada uma com quatro profissionais, vão decorar um bolo ao vivo, durante, aproximadamente, seis horas.

Também a ‘Escola de Decoração Artística de Bolos «Istofaz-se»’ vai organizar um concurso. Este, mais abrangente, destina-­se a todos os participantes do Cake Alive Porto, quer sejam particulares, empresas, pastelarias, confeitarias ou estabelecimentos comerciais em nome individual ou colectivo. Os temas propostos são o ‘casamento’ e a ‘modelagem’.
Outra das empresas presentes na Exponor, a «Equipan», desafia o público apreciador da pastelaria e cake design a apresentar um bolo decorado sem pasta de açúcar.
A mostra será uma oportunidade para conhecer e adquirir as últimas novidades deste sector que, nos últimos tempos, tem aumentado de forma significativa o número de seguidores. Trata-se pois de uma área em que a inovação e a criatividade não têm limites, e onde as propostas têm grande pendor estético, tanto pela variedade de cores, como pela harmonia dos desenhos.

Assim, as tentadoras propostas estarão na Exponor pelas mãos dos melhores cake designers, alguns vindos do estrangeiro, que mostrarão as mais recentes técnicas do sugarcraft, bem como a arte de moldar bolos com pastas de açúcar, que teve a sua origem em terras de sua majestade.

De salientar ainda que em exposição estarão também materiais, utensílios e matérias-primas que podem ser adquiridos no local pelos visitantes.

HORÁRIO:

- 10H00-19H00

PREÇO DOS BILHETES:

- ATÉ 2 DE SETEMBRO 4 EUROS PARA UM DIA; 10 EUROS OS TRÊS DIAS

- DEPOIS DE 2 DE SETEMBRO 5 EUROS

terça-feira, 27 de agosto de 2013


 
“Água” inspira formandos de ourivesaria
no Prémio PortoJoia Design
 
A PortoJoia – Feira Internacional de Joalharia, Relojoaria e Ourivesaria – regressa à Exponor entre 26 e 29 de Setembro para se afirmar, uma vez mais, como a grande montra nacional de um sector pujante e inovador, que tem mostrado a capacidade de Portugal em fazer bem.
No âmbito da PortoJoia, que a Exponor promove há 24 anos consecutivos, a criatividade dos estudantes e formandos de cursos de ourivesaria pode ser apreciada através da mostra das peças originais concorrentes à 9ª edição do Prémio PortoJoia Design, este ano obedecendo ao mote da “água”, visto que, por resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas, 2013 é o Ano Internacional da Água.
Aberto a todos os estudantes e formandos de design de joias, de produto e de cursos de ourivesaria, o concurso tem como objectivo distinguir, pela inovação e design, peças de joalharia e ourivesaria de adorno pessoal e decorativas, apresentadas pela primeira vez ao público.
O desafio é, assim, lançado aos estudantes e formandos de cursos de ourivesaria para que apresentem as suas propostas originais a partir daquele mote, numa iniciativa que se tem mostrado determinante para revelar novos talentos e aproximar os estudantes do mercado de trabalho.
Esta preocupação preside, também, à realização do Espaço Escola, uma actividade que decorre na Feira e que visa aproximar as empresas das escolas e centros de formação, através da divulgação de programas de formação e de práticas que mostram como se aplicam e cruzam técnicas ancestrais e inovadoras na fabricação de joias e peças decorativas.
As propostas patentes na PortoJoia despertam, habitualmente, grande interesse entre profissionais e empresários estrangeiros. Para esta edição estão convidados compradores, distribuidores e importadores de países como o Reino Unido, Rússia, Polónia, República Checa, Alemanha, Ucrânia, Hungria, Cazaquistão, Arménia, Omã e Emirados Árabes Unidos, que manterão reuniões bilaterais com vista ao estabelecimento de negócios.
Atendendo a números de edições anteriores, calcula-se que mais de 50 por cento dos contactos estabelecidos nestes encontros acabam por ser profícuos, redundando em negócios fechados.
 

quinta-feira, 22 de agosto de 2013


De 15 de Setembro a 15 de Outubro

Participe na colheita de 2013 da ‘Quinta do Portal’

ajudando a vindimar e repousando na ‘Casa das Pipas’
 

 A Quinta do Portal volta a abrir as suas portas aos visitantes e hóspedes que queiram participar na vindima de 2013 e ajudar no processo de produção de um vinho com a chancela do Douro e da Quinta do Portal.

Entre 15 de Setembro e 15 de Outubro, existem várias opções para participar neste momento alto em que o Douro pode ser celebrado em todo o seu esplendor. É o trabalho de um ano que tem o seu epílogo com a apanha da uva, para a qual o participante será brindado com um kit completo.

O programa mais alargado prevê duas noites de pernoita na Casa das Pipas, unidade de enoturismo da Quinta do Portal, incluindo participação na vindima, almoço no restaurante da quinta, visita ao armazém de envelhecimento da autoria do arquitecto Siza Vieira e jantar vínico.  

O menu de vindimas, assinado pelo chef Milton Ferreira, inclui as mais gulosas iguarias tradicionais, inspiradas nas vindimas e gastronomia durienses, e na companhia dos vinhos de excelência da Quinta do Portal. Os preços variam, por quarto, entre os 220 e os 240 euros. Se optar só pelo jantar, o valor por pessoa é de 40 euros. Sem alojamento, mas com refeições, o preço é de 85 euros por pessoa.

Situada no coração da ímpar Região Demarcada do Douro, a Quinta do Portal tem vindo a ser consecutivamente reconhecida, quer pelos seus vinhos, quer pela sua capacidade enoturística. Além das medalhas e dos prémios conquistados pelos seus néctares, também a Casa das Pipas tem recebido inúmeras distinções. Já venceu duas vezes prémios do Best of Wine Tourism, ostenta o «Galardão Internacional Chave Verde» e a prestigiada revista norte-americana «Forbes» elegeu mesmo a Quinta do Portal como um dos dez melhores destinos vinhateiros de todo o mundo. O armazém de envelhecimento de vinhos, desenhado pelo arquitecto Siza Vieira, tem sido outro trunfo do pólo enoturístico da Quinta do Portal.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013


Concursos da arte de decorar bolos animam

Cake Alive Porto 2013 na Exponor



A Exponor recebe o Cake Alive Porto, de 6 a 8 de Setembro, numa iniciativa que traz os melhores profissionais portugueses e estrangeiros até ao recinto da Feira Internacional do Porto.
Vários concursos terão lugar durante os três dias do certame, tendentes a dinamizar a feira e a chamar profissionais e público em geral a interagirem e a mostrar as suas potencialidade na arte de decorar bolos. Uma dessas iniciativas é o concurso por equipas «A Fauna», organizado pela Associação Nacional de Cake Designers, com o apoio da Exponor, onde seis equipas, cada uma com quatro profissionais, vão decorar um bolo ao vivo, durante seis horas.
Também a Escola de Decoração Artística de Bolos «Istofaz-se» vai organizar um concurso. Destina-­se a todos os participantes do Cake Alive Porto, quer sejam particulares, empresas, pastelarias, confeitarias e estabelecimentos comerciais em nome individual ou colectivo. Os temas propostos são o casamento e a modelagem. Outra das empresas presentes na Exponor, a «Equipan», desafia o público apreciador da pastelaria e cake design a apresentar um bolo decorado sem pasta de açúcar.
O interesse pela arte de decorar bolos tem vindo a ganhar adeptos entre os portugueses. Teresa Henriques, presidente da Associação Nacional de Cake Designers, considera que “temos excelentes profissionais nesta área, como se prova pelo que aconteceu o ano passado, onde os portugueses trouxeram várias medalhas de ouro do maior concurso mundial de cake designers, que se realiza em Birmingham”. O Cake Alive Porto insere-se nesse contexto “porque é um evento que traz grande visibilidade”.
A mostra será uma oportunidade para conhecer e adquirir as últimas novidades nesta área. E esta é uma área em que a inovação não tem limites, e onde as propostas têm grande pendor estético, tanto pela variedade de cores, como pela harmonia dos desenhos. As tentadoras propostas estarão na Exponor pelas mãos dos melhores cake designers, que mostrarão as técnicas do sugarcraft, a arte de moldar bolos com pastas de açúcar, que teve origem em Inglaterra. Em exposição estarão materiais, utensílios e matérias-primas que podem ser adquiridos no local. A feira funciona das 10h00 às 19h00.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Exponor estreia em Lisboa a ‘In Beauty-by Expocosmética’: feira de estética, cabelo, unhas e wellness!


Respondendo a uma necessidade do mercado profissional, a Exponor vai levar até Lisboa a In Beauty-By Expocosmética. Três dias para ver o que de melhor se faz nas áreas da estética, da moda em cabelos e das mais recentes tendências na arte das unhas. Apadrinhado por Cláudia Jacques, este certame realiza-se de 5 a 7 de Outubro, na MEO Arena (Pavilhão Atlântico).
Elegância, singularidade e profissionalismo são ideias-chave que gravitam à volta dos três dias da feira, aberta ao público em geral nos dois primeiros dias e reservada para profissionais no dia de encerramento. À semelhança do que acontece na Expocosmética, espera-se um grande número de visitantes neste evento no que acontecerá pela primeira vez na capital do País, numa altura em que a mulher e o homem portugueses já não dispensam cuidados de saúde e beleza no seu dia-a-dia, quer pelos benefícios de saúde evidentes, quer pela sensação de elegância e bem-estar. Como tal, glamour, moda e sensualidade serão marcas distintivas deste evento ao longo dos três dias de certame.
A directora da feira, Carla Maia, justifica a realização da ‘In Beauty-by Expocosmética’ em Lisboa “porque se trata de um mercado forte e com uma grande procura”. Isto é, a realização do evento na capital portuguesa “dá resposta às solicitações do mercado profissional”.
A ‘In Beauty-by Expocosmética’ vai ser uma com elevada sofisticação e qualidade, com a sectorização a ser trabalhada de uma forma criativa, tendo cada área um tema próprio, ocupando todo o espaço do Meo Arena. O cabelo será subordinado aos fashion shows, a área das unhas às tendências das cores e o segmento da estética abordará a temática zen.
“Pretendemos um evento com alma e personalidade própria”, sustenta Carla Maia, para quem, hoje em dia, “os organizadores de feiras devem ser facilitadores de negócios e ir de encontro às necessidades do mercado, de preferência com eventos diferenciadores”.

Cláudia Jacques, nome sobejamente conhecido ligado ao mundo de entretenimento, moda e apresentação, é a madrinha desta ‘In Beauty-by Expocosmética’.

Como em todas as feiras realizadas pela Exponor, esta é uma oportunidade para os profissionais do sector terem uma visão global do mercado onde actuam. Comparar preços e condições, encontrar produtos específicos, conhecer as novidades, encontrar soluções técnicas para problemas, aprender mais, estabelecer contactos, fazer encomendas ou negociar contratos.