Número total de visualizações de página

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Terra a Terra Reserva Tinto 2009 chega ao mercado com um cariz solidário



Adesão à campanha rolha solidária reverte a favor da Associação Bagos

d’ Ouro, que apoia crianças carenciadas do Douro

O produtor duriense Quanta Terra está prestes a fazer chegar ao mercado mais um vinho de eleição. O Terra a Terra Reserva Tinto 2009, para lá de ser a expressão cabal do melhor que o Douro produz em termos de vitivinicultura, será também um produto solidário, no âmbito de uma parceria com o Grupo Amorim, que apoia a Associação Bagos d’Ouro, dedicada ao trabalho com crianças carenciadas da região.

O desafio foi lançado pela Amorim & Irmãos a vários produtores de vinho para que aderissem à rolha solidária, facilmente identificável através do logotipo da Bagos d’Ouro. O lançamento desta iniciativa mereceu acolhimento da parte do produtor Quanta Terra que, através deste gesto, apoia directamente o trabalho da Bagos d'Ouro no terreno, uma vez que por cada rolha vendida o Grupo Amorim doará 2% dessa venda para a causa solidária.

O Terra a Terra Reserva Tinto 2009 provém das castas Touriga Franca (40%), Tinta Roriz (40%), Touriga Nacional (10%) e Tinta Barroca (10%). É um vinho vindimado manualmente, que estagiou durante 12 meses em barricas de carvalho francês. De cor ruby, o Terra a Terra Reserva Tinto 2009 apresenta notas aromáticas muito interessantes a frutos pretos (amora e cereja preta) e especiarias (pimenta branca e cravinho). Na boca mostra-se estruturado, denso e macio, termina longo e frutado. Muito equilibrado, este néctar é um perfeito acompanhante de pratos de carne, caça e toda a cozinha tradicional portuguesa.

A empresa Quanto Terra – Sociedade de Vinhos, Lda. foi constituída em 1999, por Celso Pereira e Jorge Alves, dois reputados enólogos do Douro, depois de terem iniciado uma rigorosa prospecção em dez propriedades do Cimo Corgo e Douro Superior, para averiguar da possibilidade de produzir vinhos tintos DOC/Douro. A maioria acabou por ser rejeitada, por não cumprirem os parâmetros previamente estabelecidos. Desta selecção ficou a Quinta do Tralhão onde, desde 1999, a Quanta Terra - Sociedade de Vinhos, Lda, produz os Douro D.O.C. Quanta Terra e Terra a Terra.