Número total de visualizações de página

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Casa das Pipas propõe programa de Verão na majestosa paisagem duriense



O Douro e a monumentalidade da sua paisagem proporcionam momentos únicos de lazer e fruição. A Casa das Pipas, charmosa unidade de enoturismo do produtor Quinta do Portal, convida a conhecer essa realidade excitante, na companhia dos bons vinhos que aí se produzem e de uma gastronomia requintada com a assinatura do chef Milton Mendes.


De 1 de Junho a 31 de Agosto, a Casa das Pipas, que recentemente renovou o título «Chave verde», atribuído por força das suas boas práticas ambientais, criou um programa que prevê, à chegada, um welcome drink, uma visita às caves de envelhecimento da autoria do arquitecto Siza Vieira e prova de vinhos. À noite o jantar tem lugar no restaurante da Quinta do Portal.

No segundo dia é servido o pequeno-almoço, para depois usufruir de um passeio de barco pelo Douro, numa altura em que a paisagem já está desenhada e recortada pelos vinhedos.

Com doze quartos, a Casa das Pipas está situada em Sabrosa, entrada do Douro Património Mundial da Humanidade. É com esta realidade que uma casa recuperada feita de xisto e pensada para que o vinho seja uma presença constante, que a sociedade Quinta do Portal convida a uma visita para desfrutar da paisagem e da obra arquitectónica de Siza Vieira, que pode encontrar na Quinta do Portal.

A Casa das Pipas dispõe de todas as comodidades de uma unidade hoteleira moderna, onde se inclui piscina e um pequeno ginásio. A Quinta do Portal tem ainda uma outra unidade de enoturismo, mais pequena, a Casa do Lagar, mas igualmente charmosa e requintada.

Para além desta distinção «Chave Verde», a Casa das Pipas já conquistou o prestigiado prémio «Best of Wine Tourism» e o complexo enoturístico da Quinta do Portal foi considerado pela revista Forbes como um dos melhores dez destinos vinhateiros do mundo. Deste complexo faz parte um armazém de envelhecimento de vinhos desenhado pelo arquitecto Siza Vieira, recentemente inaugurado, e que valeu o Prémio de Arquitectura do Douro 2011.