Número total de visualizações de página

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Chef Milton Ferreira mostra iguarias durienses
durante a Interdecoração na Exponor

A Interdecoração 2014, feira de mobiliário, iluminação, interiores, artigos de mesa e cozinha, que se realiza na Exponor, vai este ano investir em formas diferentes de exposição e criou o espaço Sentire, onde as empresas são desafiadas a mostrarem os seus produtos de uma forma diferente, tentando criar experiências sensoriais nos visitantes.
A 30 de Janeiro, dia de arranque da feira, pelas 17h00, o chef Milton Ferreira, chef residente do restaurante da Quinta do Portal, em Sabrosa, fará propostas de paladares e aromas distintos, mostrando o que de melhor se faz na gastronomia duriense e tentando criar uma simbiose perfeita com o mundo da decoração de interiores.

Situada no coração da Região Demarcada do Douro, a Quinta do Portal tem vindo a ser consecutivamente reconhecida mundialmente, quer pelos seus vinhos, quer pela sua capacidade enoturística. Além das medalhas e dos prémios conquistados pelos seus néctares, também a Casa das Pipas, a sua unidade de enoturismo, tem recebido inúmeras distinções. O restaurante da Quinta do Portal tem ao leme o chef Milton Ferreira, que privilegia os bons sabores durienses confeccionados com um toque contemporâneo e sofisticado.


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Mais antiga feira de conceito stock-off volta
à Alfândega do Porto para escoar objectos
de design e decoração

Quando há treze anos a «Oficinas Gerais» decidiu realizar um evento que ajudasse as empresas da área de decoração e design a escoar peças de anteriores colecções a preços muito abaixo dos praticados regularmente, estava longe de imaginar a longevidade da iniciativa. Mas o certo é que a XIII edição do «Stock-off de Objectos de Design e Decoração» é uma realidade e está já agendada para acontecer de 21 a 23 de Fevereiro, voltando a ocupar uma das alas do majestoso edifício da Alfândega do Porto.
Em tempos de retracção económica, a possibilidade de adquirir peças de autor emblemáticas, com descontos que podem chegar até aos 80%, resulta numa excelente oportunidade para os consumidores, seja para renovar a decoração do lar, seja para refrescar o escritório.
As empresas, por seu turno, vêem na stock-off um excelente veículo de escoamento de produtos provenientes de colecções anteriores, permitindo-lhes, ainda, ganhar espaço em armazém.
Prova do sucesso deste certame é a presença desde a primeira edição de alguns dos expositores, alguns deles fazem parte dos mais conceituados players desta área, como são os casos da Empatias, Bastidor, Unique, Sem Nome, Oficinas Gerais, Smoke Signals ou a MOOOI entre muitas outras.
A feira anterior, que foi bastante concorrida em termos de visitantes, cerca de 12 mil, prova de que numa altura como esta a relação qualidade/preço do material exposto é, de facto, uma oportunidade a não perder.
De alguns anos a esta parte que o evento se realiza no edifício da Alfândega do Porto, depois de nas primeiras edições ter tido lugar no Mercado Ferreira Borges. A grande afluência de público que se costuma registar nos três dias do «Stock-off de Objectos de Design e Decoração» ditou a necessidade de transferir o certame para um local com outra capacidade, tendo sido escolhido o emblemático edifício da Alfândega do Porto.

HORÁRIO: Sexta-feira e sábado, dias 21 e 22, a «Stock-off de Objectos de Design e Decoração» está aberta entre as 10h e as 23h, e no dia 23, domingo, abre portas às 10h00 e o encerramento está marcado para as 20h. O valor da entrada será de 2 euros.


sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Setor de atividade ligado à fileira casa emprega 8,3%
dos trabalhadores da indústria transformadora

Em vésperas do arranque de mais uma Interdecoração, na Exponor, que se realiza de 30 de Janeiro a 2 de Fevereiro, o setor vai apresentar as últimas novidades em termos de coleções, quer para o mercado nacional, quer para compradores estrangeiros.
Nos últimos oito anos, as exportações têm conhecido um desempenho positivo, sobretudo nos anos mais recentes, o que, conjugado com a prestação inalterada das importações, resulta numa melhoria notória da balança comercial. O esforço para a incrementação da vertente exportadora do setor está expresso no aumento de 12 pontos percentuais em 2011 face a 2004.
Segundo o mesmo estudo da «Sigma Team Consulting», o produto mais exportado por Portugal – os móveis de madeira – corresponde ao produto mais importado a nível mundial, o que sugere que a produção lusa tem criadas bases para se perfilar como fornecedora de referência num produto que encerra uma enorme oportunidade.
Embora com menos expressão, mas também com um papel importante nas exportações, destacam-se os têxteis-lar, assim como a cerâmica e a porcelana.
As exportações estão fortemente concentradas dois países – Espanha e França -, mas a produção portuguesa, sobretudo nos últimos anos, tem vindo a conseguir escoar para outros destinos, como Moçambique, Angola, Tunísia ou República Checa. Outros mercados, que têm uma forte dinâmica importadora, designadamente a Índia, a Rússia ou Brasil, apresentam-se como destinos a explorar num futuro próximo.
A Interdecoração
Detalhes, conceitos, originalidade, tendências e profissionalismo são factores que atraem todos os anos expositores e visitantes à Interdecoração. Mas este ano há factores suplementares de interesse, designadamente na forma como a feira se quer reinventar, buscando formas originais de exposição que pretendem envolver todos os que se deslocarem ao certame e com uma Mostra de Atividades em que artesãos qualificados mostram in loco como se fazem peças únicas e à medida.
«Sentire» será o espaço privilegiado da Interdecoração, feira anual que se realiza na Exponor, este ano de 30 de janeiro a 2 de fevereiro. Aqui os expositores terão a oportunidade de reinventarem as formas de exposição e apresentação dos seus produtos, de forma a proporcionar experiências sensoriais, cujo objetivo será o de criar uma maior envolvência entre eles e os visitantes.
Mais uma vez a Interdecoração quer impor-se como a feira profissional que coloca em exposição o mobiliário, a iluminação, os interiores, artigos de mesa e cozinha e o brinde, procurando que os expositores consigam estabelecer relações fortes com os seus clientes, reunindo no mesmo espaço as empresas fornecedoras e os profissionais.

A feira estará aberta só para profissionais durante os quatro dias do evento, entre as 10h00 e as 19h00.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Feira realiza-se na Exponor de 30 de Janeiro a 2 de Fevereiro 



«Interdecoração» reinventa-se na forma
e conteúdo de exposição!

Detalhes, conceitos, originalidade, tendências e profissionalismo são factores que atraem todos os anos expositores e visitantes à Interdecoração. Mas este ano há factores suplementares de interesse, designadamente na forma como a feira se quer reinventar, buscando formas originais de exposição que pretendem envolver todos os que se deslocarem ao certame e com uma Mostra de Atividades em que artesãos qualificados mostram in loco como se fazem peças únicas e à medida.
«Sentire» será o espaço privilegiado da Interdecoração, feira anual que se realiza na Exponor, este ano de 30 de janeiro a 2 de fevereiro. Aqui os expositores terão a oportunidade de reinventarem as formas de exposição e apresentação dos seus produtos, de forma a proporcionar experiências sensoriais, cujo objetivo será o de criar uma maior envolvência entre eles e os visitantes.
Assim, neste espaço, e dentro deste novo conceito, terá lugar um cocktail, logo no segundo dia do certame, a 31 de janeiro, onde designers, decoradores, arquitetos de interiores e estudantes estarão reunidos para assistir aos preparativos do cocktail, numa simbiose que se quer perfeita com a criatividade de dois profissionais do mundo da decoração.  
Este ano a organização propôs uma ação de solidariedade social, com alguns expositores a oferecerem para venda peças de decoração, cuja receita reverterá a favor da instituição humanitária SAOM (Serviços de Assistência Organizações de Maria), que desenvolve trabalho no âmbito da reinserção e apoio social a idosos e jovens sem-abrigo. Um trabalho que poderá ser visível durante o cocktail, dado que os convidados serão servidos pelos formandos do curso de empregado de mesa da SAOM.
No «Sentire» há vários sub-espaços, como o Espaço Tecidos, onde padrões e texturas originais farão um apelo ao tacto e visão, ou o Espaço Showcooking, onde cozinheiros/chefes estarão a fazer propostas diárias de aromas e paladares distintos, como o chef Milton Ferreira, da Quinta do Portal ou a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro-Lamego.
Mais uma vez a Interdecoração quer impor-se como a feira profissional que coloca em exposição o mobiliário, a iluminação, os interiores, artigos de mesa e cozinha e o brinde, procurando que os expositores consigam estabelecer relações fortes com os seus clientes, reunindo no mesmo espaço as empresas fornecedoras e os profissionais.

A feira estará aberta só para profissionais durante os quatro dias do evento, entre as 10h00 e as 19h00.


segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Expozoo - VIII Exposição do Mundo Animal
será das maiores de sempre!


A Expozoo – VIII Exposição do Mundo Animal, que se realiza já nos dias 18 e 19 deste mês, na Exponor, está a registar uma adesão, por parte dos agentes ligados directa ou indirectamente ao mundo animal, que superou todas as expectativas da organização. O crescimento de cerca de 50% em área de exposição enche de entusiasmo os responsáveis da Exponor que vêem nele um vaticínio de sucesso do certame.
“A cada vez maior presença de um animal doméstico nos lares portugueses e a consciencialização de que o animal merece um tratamento similar a qualquer outro elemento da família têm proporcionado um crescimento do sector, que se reflecte no interesse demonstrado pelas empresas em participar neste certame”, refere a organização, adiantando ainda que “a última edição desta feira, que aconteceu em janeiro de 2013, já havia sido um sucesso, tendo recebido cerca de 20 mil visitantes, o que é uma demonstração clara da importância que os portugueses atribuem à presença dos animais nas suas vidas”.
Aliás, para além da organização, estes são números que entusiasmam as empresas do sector, que estão convencidas ser possível aumentar consideravelmente o volume de negócios na edição deste ano.
Em simultâneo com a Expozoo – VIII Exposição do Mundo Animal, decorrerão também a Exposição Canina Internacional do Norte e a Exposição Felina do Norte, dedicadas aos animais de estimação com mais presença junto das famílias portuguesas. Mas o que não faltarão serão novidades. Destacamos, por exemplo, uma das atrações desta Expozoo que será a exposição de coelhos anões, animais de grande cumplicidade, com enorme capacidade de adaptabilidade e que são uma opção a levar em conta na altura de «engrossar» a prole familiar.
Os visitantes terão ainda oportunidade de conhecer outras espécies que estarão em exposição, como aves, animais exóticos, aquarofilia e ainda um concurso de grooming, sobre cuidados a ter nos tratamentos de beleza com os animais.
Outras actividades
Para lá das exposições animais, existem uma série de palestras fundamentais para todos os que têm animais melhorarem a sua interacção com eles, ajudando a perceber a especificidade de cada raça, cuidados de saúde a ter, higiene, tratamento e comportamento em sociedade dos donos.
Num auditório com capacidade para cerca de 50 pessoas, localizado no próprio recinto da feira, realizar-se-ão palestras e tertúlias, entre as quais destacamos, no dia 18, a da responsabilidade do «Banco de Sangue Animal» (BSA) que divulgará o seu trabalho, que aliás marcou uma viragem na Medicina Transfusional Veterinária. Desde o início da sua actividade, o BSA já salvou a vida a uma quantidade muito significativa de animais e fornece sangue, mensalmente, para quase cem transfusões a realizar por todo o País. «O que fazemos e como podemos ajudar!» é o tema da palestra.
Dia 19, terá lugar uma outra palestra sobre os benefícios da Homeopatia e a Acupunctura Veterinária no tratamento animal, da responsabilidade de Sara Cardoso. Outra iniciativa de carácter didáctico e informativo será realizada pela PSP de Matosinhos, que falará sobre os direitos e deveres dos donos de animais.
Haverá ainda um outro espaço, denominado de «Espaço Dartacão», onde poderão ser vistos treinos cinotécnicos, demonstrações de obediência, busca e salvamento com cães, terapias assistidas com cavalos envolvendo as forças de segurança, numa organização da Loja Dartacão.

Resta referir que a feira é aberta ao público, das 9h00 às 19h00. O custo dos bilhetes é de 3 euros, sendo gratuito para crianças até aos 12 anos.
Roteiro de sabores e saberes entre os dias 20 e 23 de Fevereiro

«Portugal DOP» mostra na Exponor os melhores
paladares do que é tipicamente português


Uma feira de fazer crescer água na boca. Em Fevereiro, tudo o que é mais distinto em termos de produtos tradicionais gastronómicos vai estar na Exponor, no Portugal DOP – Roteiro de Sabores e Saberes.
Durante quatro dias – de 20 a 23 de Fevereiro -, está marcada uma pausa na dieta, porque o cardápio da feira assim o dita. Produtos alimentares e bebidas com as chancelas DOP (Denominação de Origem Protegida), DOC (Denominação de Origem Controlada) e IGP (Indicação Geográfica Protegida) estarão expostos no recinto da Exponor, em Matosinhos, e disponíveis para degustação.
Um certame que pretende envolver os visitantes, que estão desde logo convidados, não só a ver, como a provar o melhor que o nosso país produz.
A gastronomia constitui-se como importante atractivo turístico-cultural de um local, região ou país e neste contexto Portugal está identificado como um dos melhores destinos de ‘Gastronomia e Vinhos’ da Europa.
Com um património único e muito apreciado, não só ‘cá dentro’, mas nos quatro cantos do mundo, os produtos portugueses, confeccionados com saberes ancestrais, preservam as condições ambientais naturais, respeitam os ecossistemas existentes e a biodiversidade, impondo-se pelos sabores inigualáveis.
Das beiras às ilhas, do Algarve ao Minho, os visitantes do Portugal DOP – Roteiro de Sabores e Saberes terão a oportunidade de conhecer os usos e costumes, assim como provar o que de melhor cada região tem para oferecer.
Resta referir que a feira é aberta ao público em geral, mas a vertente de negócio não está esquecida, já que a promoção deste tipo de produtos constitui um elemento de dinamização económica e social de um sector que gera cada vez mais postos de trabalho.

Nos dias 20 e 21 a feira está aberta das 17h00 às 23h00. No dia 22, das 11h00 às 23h00, e dia 23 das 11h00 às 20h00. A entrada tem um custo de dois euros. 
Exponor estreia «Horta Comigo»
no calendário de feiras para 2014

A Exponor, em Matosinhos, vai estrear em Fevereiro uma nova feira. Chama-se «Horta Comigo» e é um evento que pretende dar um toque de ruralidade e de contacto com a natureza em plena cidade.
O aumento do tempo dispensado por parte dos habitantes das grandes urbes em desfrutar de alguma qualidade ambiental, por puro lazer, ou até mesmo para usufruto próprio, abriu uma janela de oportunidade para a realização deste certame. Por necessidade ou prazer, o certo é que as hortas urbanas estão a multiplicar-se e, aos poucos, e as cidades estão a ficar mais verdes e saudáveis.
E para saber como melhor aproveitar e potenciar o seu espaço verde, a «Horta Comigo», evento de hortas, jardins e produtos naturais, que se realiza de 13 a 16 de Fevereiro, vai mostrar-lhe absolutamente tudo sobre o cultivo da terra, as suas especificidades, seja em pequenas parcelas, seja em varandas ou terraços.
O cultivo de uma horta ou de um jardim são, cada vez mais, factores geradores de bem-estar psicológico, de promoção da coesão social, de fomento de relações inter-geracionais e inter-culturais, de melhoria do solo local, entre muitos outros benefícios.
Em exposição estarão produtos naturais e artesanais, utensílios, equipamentos, plantas, sementes e substratos, numa variedade de soluções que se adapta a qualquer gosto.
Durante os dias da feira, terão lugar workshops e demonstrações várias, passatempos e uma horta-jardim ao vivo.

Trata-se de uma feira aberta a profissionais e a público em geral, estando de portas abertas das 17h00 às 23h00, dias 13 e 14, e das 11h00 às 23h00, dias 15 e 16.


sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Os cinco sentidos vão estar na Exponor,
já no final de janeiro, com a realização da «Interdecoração»
 
Detalhes, conceitos, originalidade, tendências e profissionalismo são factores que atraem o interesse de expositores e visitantes da «Interdecoração», feira anual que está de volta à Exponor entre 30 de Janeiro e 2 de Fevereiro.
Na edição deste ano a organização apresenta um novo conceito, o ‘Espaço Sentire’, que apela ao uso pleno dos cinco sentidos, reinventando formas de exposição e apresentação de produtos de forma a proporcionar algumas experiências sensoriais, cada vez mais apreciadas e valorizadas. Esta vertente materializar-se-á em vários sub-espaços e mostras, como o Espaço Tecidos, onde padrões e texturas originais serão um apelo ao tacto e visão, ou o Espaço Showcooking, onde cozinheiros/chefes estarão a fazer propostas diárias de aromas e paladares distintos.
Uma Mostra de Actividades dará a conhecer o ponto de partida para a elaboração de peças únicas, onde o feito à medida estará em destaque, em áreas como o estofo, restauro, mobiliário ou confecção. Dentro do ‘Sentire’, haverá também lugar para um Evento com 6 sentidos. Tratar-se-á um momento de networking entre designers, decoradores, arquitectos de interiores e estudantes, com uma acção de solidariedade e muita música e animação.
Mais uma vez a feira quer impor-se como a feira profissional que coloca em exposição o mobiliário, a iluminação, os interiores, artigos de mesa e cozinha e o brinde, procurando que os expositores consigam estabelecer relações fortes com os seus clientes, reunindo no mesmo espaço as empresas

Resta referir que a «Interdecoração» estará aberta só para profissionais durante os quatro dias do evento, entre as 10h00 e as 19h00.