Número total de visualizações de página

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

25ª PortoJoia mostra pujança
dos setores de ourivesaria, relojoaria e joalharia

 A 25ª edição da PortoJoia, para lá do simbolismo inerente à data, revelou-se como uma alavanca para um reposicionamento da feira, estando a organização a criar um comité que contribua com sugestões inovadoras e que permitam uma ainda maior valorização do setor e do evento.
Cerca de oito mil profissionais ligados aos setores da ourivesaria, relojoaria e joalharia passaram pelo recinto da feira durante os quatro dias da mostra, para ver as novidades e as novas coleções dos mais de 100 expositores que marcaram presença.
Uma das novidades futuras desta feira acontece já em maio de 2015,  altura em que a PortoJoia levará até um espaço de charme da capital do País um evento direcionado para marcas, em que a alta joalharia e o ouro estarão em alto destaque. Para este evento de estreia, fora daquilo que têm sido as fronteiras da PortoJoia, será convidado um estilista para organizar um desfile de moda, aproveitando as sinergias com áreas tradicionais do têxtil e do calçado, setores que têm também vindo a impor-se, conquistando vários mercados externos.
Na feira deste ano, foi notória uma maior confiança por parte dos expositores de um setor que nos últimos anos se reorientou para a exportação, dada a retração do mercado interno, pelo que a presença de compradores estrangeiros foi uma oportunidade para as empresas celebrarem parcerias, mostrarem produto e fecharem negócios.
Na 25ª edição, a feira teve um espaço dedicado especificamente à joalharia de autor e aos designers, o "Trends by PortoJoia", e estreou a iniciativa "Photo by PortoJoia", associando a moda e a ourivesaria à fotografia.
Preocupação desde a primeira hora da PortoJoia é a ligação dos jovens ao mercado de trabalho, revelando talentos e ideias inovadoras, que criam mais-valias na oferta junto dos compradores e empresas. É o caso do «Prémio PortoJoia Design», que visa projetar os nomes dos novos profissionais do mundo das joias, dando a possibilidade aos jovens designers de divulgarem o seu trabalho. As peças selecionadas no âmbito do «Prémio PortoJoia Design» estiveram em exposição durante os quatro dias do certame, tendo saído vencedora a criadora Maria Manuela Xavier.

O «Espaço Escola», por seu lado, potencia também a necessidade de enveredar por um caminho de inovação e valorização do design na conceção dos trabalhos, com o objetivo de aproximar as escolas ao mercado real de trabalho, mostrando como se aplicam e cruzam técnicas ancestrais e inovadoras na fabricação de joias de adorno pessoal e peças decorativas.

Sem comentários:

Enviar um comentário