Número total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Setor de atividade ligado à fileira casa emprega 8,3%
dos trabalhadores da indústria transformadora

Em vésperas do arranque de mais uma Interdecoração, na Exponor, que se realiza de 30 de Janeiro a 2 de Fevereiro, o setor vai apresentar as últimas novidades em termos de coleções, quer para o mercado nacional, quer para compradores estrangeiros.
Nos últimos oito anos, as exportações têm conhecido um desempenho positivo, sobretudo nos anos mais recentes, o que, conjugado com a prestação inalterada das importações, resulta numa melhoria notória da balança comercial. O esforço para a incrementação da vertente exportadora do setor está expresso no aumento de 12 pontos percentuais em 2011 face a 2004.
Segundo o mesmo estudo da «Sigma Team Consulting», o produto mais exportado por Portugal – os móveis de madeira – corresponde ao produto mais importado a nível mundial, o que sugere que a produção lusa tem criadas bases para se perfilar como fornecedora de referência num produto que encerra uma enorme oportunidade.
Embora com menos expressão, mas também com um papel importante nas exportações, destacam-se os têxteis-lar, assim como a cerâmica e a porcelana.
As exportações estão fortemente concentradas dois países – Espanha e França -, mas a produção portuguesa, sobretudo nos últimos anos, tem vindo a conseguir escoar para outros destinos, como Moçambique, Angola, Tunísia ou República Checa. Outros mercados, que têm uma forte dinâmica importadora, designadamente a Índia, a Rússia ou Brasil, apresentam-se como destinos a explorar num futuro próximo.
A Interdecoração
Detalhes, conceitos, originalidade, tendências e profissionalismo são factores que atraem todos os anos expositores e visitantes à Interdecoração. Mas este ano há factores suplementares de interesse, designadamente na forma como a feira se quer reinventar, buscando formas originais de exposição que pretendem envolver todos os que se deslocarem ao certame e com uma Mostra de Atividades em que artesãos qualificados mostram in loco como se fazem peças únicas e à medida.
«Sentire» será o espaço privilegiado da Interdecoração, feira anual que se realiza na Exponor, este ano de 30 de janeiro a 2 de fevereiro. Aqui os expositores terão a oportunidade de reinventarem as formas de exposição e apresentação dos seus produtos, de forma a proporcionar experiências sensoriais, cujo objetivo será o de criar uma maior envolvência entre eles e os visitantes.
Mais uma vez a Interdecoração quer impor-se como a feira profissional que coloca em exposição o mobiliário, a iluminação, os interiores, artigos de mesa e cozinha e o brinde, procurando que os expositores consigam estabelecer relações fortes com os seus clientes, reunindo no mesmo espaço as empresas fornecedoras e os profissionais.

A feira estará aberta só para profissionais durante os quatro dias do evento, entre as 10h00 e as 19h00.