Número total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Stock-off de design e decoração”
está de volta à Alfândega do Porto

A mais antiga feira de conceito stock-off está de volta à Alfândega do Porto, nos dias 21, 22 e 23 de Fevereiro, com oportunidades únicas para comprar objectos de design e decoração que chegam a atingir os 80% de desconto.
Lançado há 13 anos pelas "Oficinas Gerais", com o objectivo de facilitar às empresas do sector o escoamento das peças de colecções anteriores, o "Stock-off de Objetos de Design e Decoração" acabou por revelar-se um sucesso comercial ao possibilitar o acesso a peças de autor e produtos de alta qualidade e reputação, mas com substanciais reduções de preço.
Assim volta a acontecer na edição deste ano com o evento a instalar-se, durante três dias, no imponente edifício da Alfândega do Porto que, desde o primeiro ano, se mostrou aposta acertada e conta com a participação assídua dos principais players, como são os casos da Empatias, Bastidor, Unique, Sem Nome, Oficinas Gerais, Smoke Signals e MOOOI, entre tantos outros.
Também o grande público vem reafirmando a adesão a esta feira e a vontade de adquirir produtos de gamas superiores a preços de gamas baixas, mesmo em época de retracção económica.
De resto, após as primeiras edições terem tido lugar no Mercado Ferreira Borges, foi imperativa a passagem para a vizinha Alfândega, aonde a excelente relação qualidade/preço fez acorrer mais de 12 mil visitantes na última edição do "Stock-off de Objetos de Design e Decoração", fosse para renovar a decoração de casa ou para montar o escritório.
O evento regressa assim apostado em disponibilizar aos comerciantes oportunidades de escoar produtos e libertar espaço sem prejuízo, ao mesmo tempo que põe ao alcance do visitante ocasiões imperdíveis para excelentes negócios.
Por um valor de entrada de apenas dois euros, o público tem acesso ao espaço comercial onde se situam os diferentes stands.

HORÁRIO
Sexta-feira e Sábado, dias 21 e 22: das 10h às 23h

Domingo, dia 23: das 10h às 20h
Tendências decorativas, hortas urbanas e gastronomia
seduzem diferentes públicos na Exponor

Vinhos regionais, especialidades gastronómicas, tendências de decoração, hortas de varanda e muitas outras vertentes do estilo de vida urbano juntam-se na Exponor, de 13 a 23 de fevereiro, onde decorrem em simultâneo três eventos dedicados ao grande público.
Abrindo esta autêntica aventura dos sentidos, a primeira delas representa uma estreia e chama-se "Horta Comigo", focando-se no setor ligado ao cultivo de pequenos espaços em ambiente urbano. O fenómeno, que tem vindo a conquistar adeptos, sobretudo entre os habitantes das grandes cidades, conjuga a sustentabilidade da vida urbana com a aproximação à terra e o reganhar do gosto pelo cultivo de plantas com utilidade na cozinha e na mesa, a que se somam a ocasião de fazer pequenas poupanças nas compras e a jardinagem de lazer com efeitos de bem-estar.
A "Horta Comigo" abre as portas no dia 13, quinta-feira, e vai prolongar-se até dia 16, domingo. Inclui área de exposição de tudo o que está ligado ao setor, como produtos naturais e artesanais, utensílios para manusear a terra, equipamentos, plantas, sementes e substratos, bem como vários workshops de hortas de varanda, tanto de iniciação como de aperfeiçoamento, para quem precise de dicas e conselhos ou queira melhorar técnicas de cultivo, de compostagem caseira e conhecer novos truques.
Na mesma data, é também inaugurada nova edição da Exponor InHouse – Mobiliário, Decoração e Piscinas, que apresenta ideias e soluções de decoração, mobiliário, jardim, iluminação e piscinas. O certame permite experimentar os produtos e também comprá-los, avançando assim rapidamente para a remodelação criativa da casa à medida do gosto do visitante.
A InHouse contempla ainda um vasto programa paralelo com sessões de showcooking e workshops de barro, azulejaria e outras atividades, abertos inclusivamente a crianças.
Até ao dia 16, a entrada em ambos os certames custa um bilhete único de dois euros.
A InHouse volta a abrir as portas na quinta-feira seguinte, 20 de fevereiro, dia em que é inaugurado o Portugal DOP – Roteiro de Saberes e Sabores. Este certame promete fazer crescer a água na boca e culminar o festival de sensações que a Exponor preparou para a segunda quinzena do mês. Até ao dia 23, sugere para degustação e compra produtos alimentares e bebidas com as chancelas DOP (Denominação de Origem Protegida), DOC (Denominação de Origem Controlada) e IGP (Indicação Geográfica Protegida), representando as mais diversas regiões gastronómicas do País.
Mas mesmo o público da “Horta Comigo” terá possibilidade de aderir a essa experiência da cozinha tradicional portuguesa nos quatro restaurantes que estarão abertos logo a partir do dia 13.
Depois, durante o Portugal DOP – Roteiro de Saberes e Sabores, poderá satisfazer a curiosidade e o paladar, aprofundando também o conhecimento sobre os usos, costumes ancestrais e técnicas de confeção ou produção das especialidades de todas as regiões portuguesas.
Também nessa segunda semana, a entrada na InHouse e no Portugal DOP poderá ser feita mediante bilhete único de dois euros.



Portugal DOP: a primeira e única feira nacional
de produtos alimentares DOP, DOC e IGP é na Exponor

Durante quatro dias – de 20 a 23 de Fevereiro -, há permissão para o pecado da gula. Produtos alimentares e bebidas de alta qualidade e sabor inigualável, com as denominações DOP (Denominação de Origem Protegida), DOC (Denominação de Origem Controlada) e IGP (Indicação Geográfica Protegida) estarão expostos no Portugal DOP – Roteiro de Sabores e Saberes, no recinto da Exponor, em Matosinhos, disponíveis para degustação e compra.
Azeite transmontano, queijo de Castelo Branco, queijo da Serra da Estrela, cabrito transmontano, fumeiro transmontano, presunto de barrancos, vinhos do Douro ou arroz carolino da lezíria ribatejana são só algumas das especialidades disponíveis nesta mostra.
A feira arranca oficialmente a 20 de Fevereiro, mas alguns restaurantes já marcam presença nos recintos da feira a partir de 13 de Fevereiro, enquanto decorrem as feiras Horta Comigo e a InHouse. Oportunidade para provar pratos com carnes provenientes das raças mertolenga, arouquesa, marinhoa e maronesa.
A gastronomia constitui-se como importante atrativo turístico-cultural de um local, região ou país e neste contexto Portugal está identificado como um dos melhores destinos de ‘Gastronomia e Vinhos’ da Europa.
Com um património único e muito apreciado, não só ‘cá dentro’, mas nos quatro cantos do mundo, os produtos portugueses, confecionados com saberes ancestrais, preservam as condições ambientais naturais, respeitam os ecossistemas existentes e a biodiversidade, impondo-se pelos sabores inigualáveis.
Do Algarve ao Minho, os visitantes do Portugal DOP – Roteiro de Sabores e Saberes terão a oportunidade de conhecer os usos e costumes, assim como provar o que de melhor cada região tem para oferecer.
Resta referir que a feira é aberta ao público em geral, mas a vertente de negócio não está esquecida, já que a promoção deste tipo de produtos constitui um elemento de dinamização económica e social de um sector que gera cada vez mais postos de trabalho.

Nos dias 20 e 21 a feira está aberta das 17h00 às 23h00. No dia 22, das 11h00 às 23h00, e dia 23 das 11h00 às 20h00. A entrada tem um custo de dois euros e dá acesso quer à Horta Comigo, quer à InHouse