Número total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Helder Guimarães entre
os melhores mágicos do mundo

Helder Guimarães integra o lote dos melhores mágicos do mundo e foi nomeado para o prémio “Mágico Close-up do Ano”, que a Academia de Artes Mágicas de Hollywood atribui a 13 de abril próximo.
Eleito “Mágico de Salão do Ano” pelos membros da academia, em 2011 e 2012, na sequência do êxito alcançado com os espetáculos no “Magic Castle” (clube privado dedicado à magia, que a instituição mantém em Los Angeles), o especialista em truques com cartas vê-se agora nomeado para o prémio “Close-up” referente a 2013. Trata-se de uma categoria considerada ainda mais difícil devido à maior proximidade do público relativamente ao performer e consequente maior dificuldade deste em criar a ilusão.
Além disso, a nomeação, em três anos seguidos e agora para uma nova categoria, é algo extremamente difícil de acontecer e constitui um forte sinal de reconhecimento do trabalho desenvolvido por Helder Guimarães, sendo a decisão revelada a 13 de abril, em cerimónia a realizar no Orpheum Theater.
O mágico portuense, de 31 anos, que “assistiu” ao primeiro evento de magia ainda no ventre da mãe, vem desenvolvendo uma carreira no mundo da magia, tanto como performer como consultor televisivo e de empresas nos vários continentes.
Autor do livro “Reflections”, uma meditação com toque filosófico dirigida aos profissionais da prestidigitação, HelderélHélHhhm .,jnlj Guimarães apoia a atividade da magia numa formação em artes de palco que lhe permite dominar por completo uma assembleia e fascinar auditórios com um misto de suspense, curiosidade e boa disposição.
Em 2004, tornou-se o primeiro português a ganhar o prémio «Ascanio», o mais prestigiado galardão nesta área em Espanha, país que é considerado a maior potência a nível mundial na área da prestidigitação. Dois anos depois e com 23 de idade, foi à Suécia tornar-se o mais jovem “Campeão Mundial de Magia com Cartas”, no culminar de uma competição trienal em que surpreendeu os seus pares e o júri.
Desde então, Helder Guimarães criou e apresentou vários espetáculos a solo pelos diversos continentes, acumulou prémios e distinções e trabalhou como consultor de magia para programas televisivos (“The Tonight Show”) e produções teatrais (“Sonho de uma noite de Verão”, de Shakespeare).
A par da admiração da crítica especializada, os seus espetáculos em Hollywood e Nova Iorque têm atraído nomes sonantes como Woody Allen, Eva Mendes, Maria Sharapova, Barbara Streisand, Steve Martin, Aimee Mann, Brooke Shields e Elizabeth Hurley, entre muitos outros que contribuem para apresentações de sala esgotada.
Foi esse sucesso que esteve na base da conquista do prémio “Mágico de Salão do Ano” por dois anos consecutivos. E a sua nova inclusão na lista de nomeados da Academia de Artes Mágicas de Hollywood, desta vez para o título de “Mágico Close-up do Ano”, acontece poucas semanas após Helder Guimarães ter sido convidado a intervir numa das prestigiadas conferências TED que teve lugar recentemente em Vancouver, no Canadá. Aí, o mais jovem campeão mundial de magia com cartas foi apresentado como dominando “técnicas invisíveis que nos baralham a mente, uma psicologia pouco convencional e um humor refinado, (…) que suscita no público a velha expressão ‘como é que ele faz isto?’ ”.
Helder Guimarães, que vive actualmente em Los Angeles, divide a atividade profissional entre os espetáculos de magia e a vertente formativa. Viaja por todo o mundo para ensinar gestores a lidarem com os mais variados problemas e questões de comunicação e gestão empresarial, bem como para apresentar os seus truques de magia com cartas aos públicos da Austrália, Japão, Coreia, Brasil, Argentina e vários países europeus.
Distinções:
-2012 - Parlour Magician Of The Year (Academy of Magical Arts / Hollywood)
-2011 - Parlour Magician Of The Year (Academy of Magical Arts / Hollywood)
-2006 - "Campeão Mundial de Magia com Cartas" nos Campeonatos Mundiais de Magia FISM (Estocolmo)
-2006 - Galardoado com o "Troféu API" (Associação Portuguesa de Ilusionismo)
-2004 - Prémio Ascanio (Madrid)

Vinhos da Quinta do Portal servidos
a bordo das melhores companhias aéreas internacionais
 
Os vinhos da Quinta do Portal estão a ser degustados a bordo das companhias aéreas internacionais mais renomadas. Uma área de negócio cada vez mais competitiva e onde só entram os melhores, uma vez que os critérios para degustação do vinho em altitude são muito exigentes. O vinho do Porto é o produto preferencial, aproveitando a marca forte da mais antiga região demarcada do mundo, junto de um público-alvo que continua a consumir este vinho fortificado com regularidade.
A última «aquisição» foi a prestigiada companhia aérea «Emirates Airlines», onde os passageiros que voam em Business Class podem agora usufruir da exuberância de um Portal Porto Colheita 2000, um vinho com aromas de fruta, madeira e especiarias. Harmonioso e complexo.
A primeira companhia a contar com a presença da Quinta do Portal foi a «US Airlines», em 2011, com o Portal Fine Tawny Port. Um ano mais tarde, a «Delta Airlines» também passou a servir a bordo o Portal Porto 10 anos, em Delta Business Elite, e a «United Airlines» o Portal LBV 2008, em Business First.
As exigências para consumir vinhos em altitude são maiores do que em outro tipo de situação normal. Os peritos de enologia consideram que, neste caso, a elegância e a subtileza dos vinhos têm de ser mais acentuadas, bem como o equilíbrio entre a acidez e o álcool. Este equilíbrio é ainda mais exigido depois de uma horas de voo, sendo um dos factores determinantes para a escolha dos vinhos que devem ser servidos nas companhias aéreas. A triagem também leva em conta a qualidade dos taninos, uma vez que a boca costuma secar em altitude e com a pressurização. Critérios aos quais os vinhos da Quinta do Portal respondem na plenitude.

A Quinta do Portal dedica-se desde 1990 à produção de vinhos generosos e de mesa com elevada qualidade. Situada em Sabrosa, porta de entrada para a majestosa paisagem do Alto Douro Vinhateiro, Património Mundial da Humanidade, a Quinta do Portal desenvolveu uma política de internacionalização com participação regular nos maiores certames da especialidade, onde a qualidade dos seus vinhos e adega têm sido premiadas. Entre as distinções contam-se a eleição como uma das 100 top winery pela prestigiada Wine & Spirits, bem como o Prémio de Arquitectura do Douro, alcançado com o armazém de envelhecimento de vinhos desenhado por Siza Vieira. A renomada revista Forbes elegeu mesmo a Quinta do Portal como um dos melhores dez destinos enoturísticos do mundo. Do pólo turístico da empresa constam duas unidades hoteleiras de charme – Casa das Pipas e Casa do Lagar -, igualmente agraciadas com prémios da especialidade.