Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de abril de 2016

EMAF cresce 30% e atrai mais estrangeiros



O regresso de empresas que não participavam há vários anos e a adesão de um número crescente de expositores estrangeiros são já duas das tónicas da EMAF - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria, a sete meses de abrir as portas na Exponor.

Agendada para o período de 23 a 26 de novembro, a grande feira de vanguarda das soluções e tecnologias para o setor produtivo “tem, neste momento, mais de 200 expositores confirmados, incluindo empresas que não participavam há vários anos e outras que decidiram estrear-se este ano no evento”, revela o diretor da EMAF, António Proença.

O responsável avança que, entre as empresas que já garantiram espaço na 16ª EMAF, a realizar em simultâneo com a 19ª FIMAP – Feira Internacional de Máquinas, Acessórios e Serviços para a Indústria da Madeira, estão várias marcas de renome demonstrativas do “renovado interesse suscitado pelos eventos no tecido económico”.

António Proença estabelece mesmo uma comparação entre a fase de comercialização dos espaços nestas feiras bienais com idêntico período de 2014 para sublinhar que “temos mais 30% de confirmações”. Além disso, “estamos a registar um incremento especial da presença de empresas espanholas, que consideram o mercado português como bastante apelativo”, acrescenta.

A realização paralela destes dois eventos altamente especializados tem sido uma fórmula bem sucedida por constituir a plataforma ideal que permite apresentar as soluções e inovações para toda a cadeia de valor industrial. Prova disso é o índice de satisfação de 98,18% entre os expositores quanto ao contributo destas feiras para promover negócios.
O momento é mesmo assumido como “o grande encontro da indústria e da alta tecnologia”, com o objetivo de dinamizar a fileira das tecnologias de produção, sendo que um dos ex-libris é o Concurso de Inovação.

Realizado em parceria com a Revista Robótica, vai para a sua 8ª edição com a missão de reforçar as componentes de I&D e inovação no evento, destacando assim a sua importância crucial para o desenvolvimento da indústria das tecnologias de produção. Da última vez, o pódio da inovação foi conquistado pela empresa "Mecânica Exacta", que recebeu o prémio Leonardo Da Vinci (Inovação Nacional), e pela "EPL - Soluções Industriais", que foi galardoada com o Prémio Nicola Tesla (Inovação Internacional), tendo sido ainda atribuídas menções honrosas à "Adira" e à "Robowork".

Refira-se que, em 2014, EMAF e FIMAP ocuparam cinco pavilhões da Exponor, numa área bruta de 27.000m2, onde marcaram presença 350 empresas nacionais e estrangeiras e por onde passaram 40.000 visitantes. Ali se realizaram 30 seminários técnicos e 100 reuniões com compradores estrangeiros, sendo registada a presença de 2 000 compradores vindos de diferentes países, nomeadamente de Espanha, França, Irlanda, Alemanha, Suíça, Itália, República Checa, Hungria, Turquia, Angola, África do Sul, China, Estados Unidos da América e Brasil.



Sem comentários:

Enviar um comentário