Número total de visualizações de página

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Vindimas na Casa de Santar convidam para uma viagem no tempo e na História


Conjugar um dia no campo, em plena região vinícola do Dão, com uma jornada de trabalho agrícola dedicado às vindimas é o convite lançado pelo produtor Casa de Santar a amantes do vinho, curiosos ou apaixonados pelo ambiente campestre, que têm assim oportunidade de aprender ou reviver práticas ancestrais que dão origem ao vinho.


O programa, que se desenrola entre 24 de setembro e 8 de outubro, replica a atividade tal qual ela decorre habitualmente, nomeadamente com refeições ao ar livre e o trabalho lado a lado, em verdadeira partilha, com quem sabe há muito como se desenvolve esta prática tão típica quanto antiga.
Conhecida por ser uma das mais emblemáticas vinhas do Dão, a Casa de Santar está situada numa nobre vila secular, rodeada de paisagens soberbas, no concelho de Nelas. Aí, numa envolvência deslumbrante e onde se respira tradição, os candidatos a vindimadores podem viver uma jornada autêntica que os fará entrar aprofundadamente no ciclo do vinho.
O programa tem início, logo de manhã, com um welcome coffee de partida para a verdadeira experiência de descoberta, em caminhada até às vinhas que dão os famosos vinhos da Casa de Santar. Já no terreno, uma equipa especializada em enologia e enoturismo faz uma introdução às atividades, onde se conjugam em perfeita harmonia a natureza, a História e o vinho, assegurando um acompanhamento personalizado que inclui a entrega de um ‘kit de vindimas’. Tudo ao som dos cantares típicos com que um grupo de cantadores e tocadores irá marcar o ritmo dos trabalhos.
Apetrechados para deitar mãos à obra, os vindimadores de ocasião iniciam o corte das uvas e vão trocando impressões com os especialistas, iniciando-se nas técnicas e aperfeiçoando-se.
A meio da manhã, há direito a uma “bucha” e é também oportunidade para dar mais atenção à música e aproveitar a partilha de histórias ancestrais por gente que vindima há décadas e conhece todos os segredos vinhateiros.
Após a retoma dos trabalhos, chega a hora de um almoço campestre, estilo piquenique gourmet, servido no meio das vinhas e constando de produtos típicos da região com qualidade superior. Depois, claro, é tempo de uma pausa para retemperar as forças e descontrair.
No regresso à Casa de Santar, tem lugar uma visita com explicação do circuito da adega, dos vários processos de vinificação disponíveis e de como eles influenciam as características de cada vinho. Para quem quiser levar o espírito de vindimas até ao fim, há ainda ocasião de participar na tradicional pisa da uva ou, pelo menos, assistir à aventura dos mais afoitos.
A jornada inclui também uma visita guiada aos belos jardins e museu dos coches da Casa de Santar, e finaliza com a entrega do diploma de participação na ‘Vindima Casa de Santar’.
O programa custa 45 euros por pessoa (20 euros para menores de 12 anos) e está sujeito à participação de um mínimo de 20 pessoas, bem como às condições climatéricas.


Sem comentários:

Enviar um comentário