Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

EMAF mostra pujança do setor industrial com um crescimento na ordem dos 35%

Grande feira da indústria nacional, que se realiza de 23 a 26 de novembro, reforça posição de liderança já com 412 empresas inscritas e todo o espaço de exposição da Exponor esgotado

A grande feira de vanguarda da indústria portuguesa, a EMAF - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria, tem 412 empresas inscritas para a sua 16ª edição.
É com fundadas expetativas que a organização da feira, liderada por António Proença, espera ter um dos melhores certames dos últimos anos, “face ao crescimento qualitativo e quantitativo das presenças já asseguradas”. O crescimento em relação à edição de 2014 (a feira é bienal) é na ordem dos 35% prevendo-se também um aumento significativo do número e qualidade dos visitantes, o que faz antever a realização de excelentes negócios para os expositores presentes. “O regresso de expositores que não participavam há vários anos e estreias de empresas em crescendo deixam-nos naturalmente otimistas”, acrescenta António Proença.
Nesta EMAF, que se realiza na Exponor, de 23 a 26 de novembro, os players da indústria portuguesa podem encontrar soluções e novidades que dão resposta às suas necessidades de modernização e ganhos de eficiência. É com um conhecimento profundo no mercado em que atuam que conseguem ultrapassar os desafios concorrenciais, melhorar as suas capacidades de produção, aperfeiçoar as técnicas, conhecer maquinaria e as soluções para o aumento da produtividade. “Esta é a grande montra da industrial nacional”, resume Proença, colocando uma tónica forte na internacionalização da feira “elevando-a a um patamar que lhe possa conferir o estatuto de uma das mais importantes da Península Ibérica e ao nível de muitas outras feiras deste segmento que se realizam um pouco por toda a Europa”.
Este é, aliás, um posicionamento que é também um fator de atração para as empresas portuguesas com uma vertente exportadora, que vêm na presença dos muitos expositores espanhóis e na visita de empresários oriundos de países como Espanha, França, Irlanda, Alemanha, Suíça, Itália, República Checa, Hungria, Turquia, Angola, África do Sul, Estados Unidos da América e Brasil uma porta de entrada para conquistar novos mercados.
Concurso de inovação e FIMAP
Uma vez mais, a EMAF realiza-se simultaneamente com a 19ª FIMAP – Feira Internacional de Máquinas, Acessórios e Serviços para a Indústria da Madeira, numa fórmula que os anos têm vindo a coroar de sucesso. A realização contígua destes dois eventos altamente especializados permite apresentar soluções para toda a cadeia de valor industrial.
Paralelamente à área expositiva onde as empresas terão patentes as suas novidades, o programa destas duas feiras integra ainda vários seminários técnicos e fóruns de debate e um dos pontos altos da EMAF/FIMAP, que vai já na VIII edição, o Concurso Inovação. Nesta iniciativa, promovida em parceria com a revista Robótica, pretende-se reforçar as componentes de I&D, premiando os projetos onde os aspetos de conceção, originalidade e operacionalidade estão mais presentes.
Destaque, também, para a realização de vários seminários técnicos e fóruns de debate, onde as «Jornadas de Manutenção Industrial» são um palco privilegiado para a divulgação e troca de conhecimentos entre profissionais da manutenção e académicos. «Evolução do Outsourcing», «Segurança em Manutenção», «Eficiência Energética» ou «Gestão de Ativos» são alguns dos outros temas em debate.
Em 2016 , Emaf e Fimap irão ocupar os 6 pavilhões e galerias da Exponr, numa área Bruta de 35.000 m2 e prevemos que irão passar cerca de 40.000 visitantes.

Sem comentários:

Enviar um comentário