Número total de visualizações de página

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Maior impressora do mundo vence Concurso de Inovação da EMAF

“Uma impressora 3D que orgulha a empresa e o País”, assim se referiu Tiago Faro, director técnico da ADIRA, a um dos produtos com que a empresa concorreu ao 8º Concurso de Inovação promovido em parceria pela EMAF e pela Revista Robótica e que viria a arrecadar o ‘Prémio de Inovação Nacional’.

O concurso, que coloca em avaliação aspetos de conceção, originalidade e operacionalidade, encontrou o vencedor por unanimidade do júri, valorizando uma proposta que passa a ser “a maior máquina de impressão do mundo para peças metálicas de qualquer dimensão”, como sublinhou o responsável da ADIRA durante a entrega dos prémios, que decorreu na Exponor, durante o segundo dia da EMAF - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria.
Nesta categoria, destaque ainda para duas menções honrosas. Uma para um scanner 3D da Tecnirolo e uma outra para a SEW-Eurodrive, que submeteu a apreciação um robô com uma velocidade de transmissão mais rápida.
O presidente do júri desta iniciativa e director da Revista Robótica, Norberto Pires, enfatizou “a qualidade de todas as catorze propostas que foram apresentadas”, uma prova de que “Portugal está num patamar de excelência em matéria de investigação e desenvolvimento”. Para demonstrar a importância desta área no peso da economia social, reforçou com os dados das exportações, vertente que “representa 15 mil milhões de euros de volume de negócios”.
Outro galardão do concurso é o Prémio de Inovação Internacional, que foi atribuído à ABB, com o robô colaborativo YUMI, uma solução de robótica industrial com um revolucionário software de controlo de movimento.
Este ano foi introduzida uma nova categoria, o ‘Prémio Inovador’, mais ligado às universidades e centros de desenvolvimento, que premiou a Sarkkis, uma spin-off da Universidade de Coimbra. Um outro robô corporativo, dirigido a ganhos de eficiência na área da metalomecânica.
A feira industrial EMAF abriu as portas na passada quarta-feira e prolonga-se até sábado. Com 430 empresas expositoras e toda a área comercializável ocupada, é a maior feira que a Exponor realiza de há dez anos a esta parte. Praticamente todos os setores industriais estão representados na mostra, tornando o certame um dos maiores da Europa na fileira industrial.

A organização estima que possam passar pelo recinto do Centro de Exposições do Norte do País cerca de 40 mil pessoas durante os quatro dias de funcionamento da feira.

Sem comentários:

Enviar um comentário