Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de abril de 2016

QUALIFICA mostra o futuro ao jovens

e ajuda a escolher o caminho

- de 14 a 17 de abril, na Exponor



Todas as interrogações dos jovens sobre o futuro próximo e mais ou menos longínquo, seja académico ou profissional, encontram respostas sérias em ambiente divertido durante os quatro dias da QUALIFICA - Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, que volta à Exponor entre 14 e 17 deste mês.

Ao longo dos quatro dias, diferentes instituições, empresas e municípios mostram as mais variadas opções de ensino secundário, superior e técnico-profissional, assim como estágios em Portugal ou no estrangeiro, possibilidades profissionais e outras alternativas, fornecendo informação e explicação detalhada para que cada indivíduo possa escolher de forma esclarecida o que pretende fazer da sua vida. Mas, ainda que estando em jogo uma decisão muito séria e determinante para a vida adulta, a 9ª edição da QUALIFICA decorre num ambiente dominado pela diversão e pelo entretenimento, a que não faltam os jogos eletrónicos, as redes sociais, os concursos, a música e o desporto.

A feira disponibiliza diferentes áreas de diversão e entretenimento, sobretudo vocacionadas para a juventude, que se centram nas experiências e na vivência de emoções. Destacam-se, entre elas, o ‘spot youtubers’, espaço de videojogos, torneios, consolas e simuladores, que tem em conta o fenómeno dos youtubers em Portugal; o ‘espaço gaming’, que recria uma festa do futuro num evento de videojogos, novas tecnologias e entretenimento, num ambiente de inovação e experimentação tecnológica; e o ‘qualifica station’, onde decorrem actividades que proporcionam momentos de festa e descontração, com dança, tunas, DJs, actividades desportivas, passatempos, teatro, concertos e desfiles.

Outros espaços igualmente atrativos são o ‘spot jobs’ (oportunidades de trabalho, projectos de negócio e workshops), o ‘study abroad’ (oportunidades de formação e estágio no estrangeiro), o ‘eco qualifica’ (dedicado às preocupações ambientais e à mudança de comportamentos, com destaque para a utilização da bicicleta).   

Paralelamente, e logo no dia de abertura da QUALIFICA, são apresentadas ideias inovadoras e com potencial de criação de negócio, que foram desenvolvidas por alunos de várias escolas secundárias do Porto, no âmbito do programa "A Empresa". Trata-se de uma parceria com o município portuense e a Junior Achievement Portugal, uma organização sem fins lucrativos cuja missão é estimular o espírito de iniciativa e a capacidade de empreendedorismo dos mais novos.

O programa da feira inclui também, nos dias 15 e 16, a final da e-University League 2016 (EUL), que reúne as Faculdades melhor qualificadas neste evento anual de desportos eletrónicos. Dedicada ao jogo "League of Legends", a EUL é já uma marca amplamente reconhecida, não só no seio da esfera universitária mas também por entre toda a comunidade gaming nacional. Combinando a excitação e o entusiasmo da competição por equipas com o espírito académico e rivalidade inter-faculdades, a participação na EUL recorre ao sentimento dos alunos quanto à oportunidade única de demonstrar as suas capacidades e de representar com dignidade as cores da sua instituição de ensino superior.

Por seu lado, as demais entidades expositoras, entre escolas tecnológicas e profissionais, centros e empresas de formação, institutos, entidades ligadas ao turismo juvenil, colégios e outras instituições com ofertas de formação, apostam também em motivos de diversão para atrair os visitantes aos seus espaços, propondo jogos, quizs e passatempos ao mesmo tempo que disponibilizam conselhos personalizados.

Numa época em que a preparação do futuro suscita tantas preocupações, a feira coloca à disposição dos jovens equipas de psicólogos que os orientam no seu futuro académico. A QUALIFICA aprofunda assim a sua estratégia de renovação, de modo a atrair os jovens de uma forma lúdica e facilitar também as tarefas dos encarregados de educação e outros responsáveis. Além disso, também quem já terminou a sua formação encontra nesta feira a resposta a muitas dúvidas, pois tem oportunidade de explorar novas soluções de empregabilidade, aprofundamento de estudos ou lançamento do próprio negócio.

dia 14, 5.ª - 10h00/18h30
dia 15, 6.ª - 10h00/18h30
dia 16, sáb. - 10h00/19h00
dia 17, dom. - 10h00/19h00

Preço do bilhete: 3€
Para visitas de estudo marcadas até ao dia 13 de abril: 2€

EMAF cresce 30% e atrai mais estrangeiros



O regresso de empresas que não participavam há vários anos e a adesão de um número crescente de expositores estrangeiros são já duas das tónicas da EMAF - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria, a sete meses de abrir as portas na Exponor.

Agendada para o período de 23 a 26 de novembro, a grande feira de vanguarda das soluções e tecnologias para o setor produtivo “tem, neste momento, mais de 200 expositores confirmados, incluindo empresas que não participavam há vários anos e outras que decidiram estrear-se este ano no evento”, revela o diretor da EMAF, António Proença.

O responsável avança que, entre as empresas que já garantiram espaço na 16ª EMAF, a realizar em simultâneo com a 19ª FIMAP – Feira Internacional de Máquinas, Acessórios e Serviços para a Indústria da Madeira, estão várias marcas de renome demonstrativas do “renovado interesse suscitado pelos eventos no tecido económico”.

António Proença estabelece mesmo uma comparação entre a fase de comercialização dos espaços nestas feiras bienais com idêntico período de 2014 para sublinhar que “temos mais 30% de confirmações”. Além disso, “estamos a registar um incremento especial da presença de empresas espanholas, que consideram o mercado português como bastante apelativo”, acrescenta.

A realização paralela destes dois eventos altamente especializados tem sido uma fórmula bem sucedida por constituir a plataforma ideal que permite apresentar as soluções e inovações para toda a cadeia de valor industrial. Prova disso é o índice de satisfação de 98,18% entre os expositores quanto ao contributo destas feiras para promover negócios.
O momento é mesmo assumido como “o grande encontro da indústria e da alta tecnologia”, com o objetivo de dinamizar a fileira das tecnologias de produção, sendo que um dos ex-libris é o Concurso de Inovação.

Realizado em parceria com a Revista Robótica, vai para a sua 8ª edição com a missão de reforçar as componentes de I&D e inovação no evento, destacando assim a sua importância crucial para o desenvolvimento da indústria das tecnologias de produção. Da última vez, o pódio da inovação foi conquistado pela empresa "Mecânica Exacta", que recebeu o prémio Leonardo Da Vinci (Inovação Nacional), e pela "EPL - Soluções Industriais", que foi galardoada com o Prémio Nicola Tesla (Inovação Internacional), tendo sido ainda atribuídas menções honrosas à "Adira" e à "Robowork".

Refira-se que, em 2014, EMAF e FIMAP ocuparam cinco pavilhões da Exponor, numa área bruta de 27.000m2, onde marcaram presença 350 empresas nacionais e estrangeiras e por onde passaram 40.000 visitantes. Ali se realizaram 30 seminários técnicos e 100 reuniões com compradores estrangeiros, sendo registada a presença de 2 000 compradores vindos de diferentes países, nomeadamente de Espanha, França, Irlanda, Alemanha, Suíça, Itália, República Checa, Hungria, Turquia, Angola, África do Sul, China, Estados Unidos da América e Brasil.