Número total de visualizações de página

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Rui Nunes abdica de candidatar-se à Ordem dos Médicos para centrar-se na Declaração Universal de Igualdade de Género

Proposta de redacção deve estar finalizada ainda este mês

Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética e professor catedrático da Faculdade de Medicina do Porto, vai dedicar-se durante o próximo ano à criação da Declaração Universal de Igualdade de Género da Unesco, pelo que não vai formalizar a sua candidatura à Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos.


“Eu e a equipa que me acompanha temos uma tarefa muito exigente pela frente, que reclama muito tempo e dedicação, pelo que eram duas vertentes incompatíveis de conciliar nos próximos tempos”, considera Rui Nunes, que já iniciou um ciclo de conferências tendente a explicar aquilo que serão os traços gerais da Declaração Universal de Igualdade de Género, prevendo-se que até final do corrente mês possa apresentar um primeiro draft que estará posteriormente em discussão pública por um período de aproximadamente três meses.

Apesar desta decisão, o presidente da Associação Portuguesa de Bioética não exclui a possibilidade de integrar algum órgão, mostrando-se disponível para colaborar com a Ordem dos Médicos naquilo que entenderem que ele possa vir a ser útil. Todavia, a grande prioridade de momento será “esta causa internacional que tão bem recebida foi na UNESCO e que vai consumir muito tempo e dedicação, no desenvolvimento de contactos internacionais e numa campanha de sensibilização em países onde estas questões civilizacionais estão num patamar muito diferente do mundo ocidental”.

A proposta de criação da Declaração Universal de Igualdade de Género da UNESCO, subscrita por uma equipa liderada pelo médico e professor catedrático Rui Nunes, venceu um concurso público internacional em que participaram 120 países. O trabalho de campo está neste momento a decorrer, levando a questão a debate em várias capitais de distrito durante os próximos meses, contribuindo para que a Igualdade de Género seja um tema que entre definitivamente na agenda.

‘Cabriz Colheita Seleccionada tinto 2014’ é um dos 100 melhores vinhos do mundo!

A mais conceituada revista norte-americana "Wine Spectator" incluiu o Cabriz Colheita Seleccionada tinto no lugar 46 da sua lista anual dos 100 melhores vinhos, onde milhares de produtores de todo o mundo procuram entrar, mas onde só cabem os vinhos que superam as rigorosas e mais exigentes provas-cegas dos especialistas daquela publicação. Refira-se ainda que este foi o vinho Português melhor classificado na referida lista.
Esta é já a segunda vez que o Cabriz Colheita Seleccionada tinto conquista a difícil presença na prestigiante e emblemática lista, depois da mesma referência do Dão ter constado no "top 100" de 2011, confirmando assim a sua excecional relação qualidade/preço.
A lista dos 100 melhores vinhos, que a "Wine Spectator" revela desde 1988, é aguardada anualmente com grande expectativa, pois constitui um reconhecimento mundial de qualidade e é um invejado veículo de promoção. Ao contrário de outras classificações, assenta em provas-cegas em que os resultados são decididos antes de serem conhecidos os preços ou os produtores.
Com a nova distinção para o Cabriz Colheita Seleccionada tinto 2014, o produtor da Região Demarcada do Dão, detido pela Global Wines, contribui também, indiscutivelmente, para fazer subir a um escalão superior os vinhos de qualidade do nosso país, apenas um mês após a "Wine Spectator" ter inscrito Portugal na segunda posição da tabela dos cinco melhores países produtores a nível mundial, apenas atrás da Nova Zelândia e à frente de Argentina, Chile e Austrália.
Além disso, este tinto do Dão já tinha recolhido anteriormente opiniões muito favoráveis dos profissionais da "Wine Spectator", que lhe atribuíram 90 pontos em Abril passado e repetiram a distinção em Julho. O vinho foi ainda declarado "Sabor do Ano 2016" e arrebatou a Medalha de Bronze na International Wine&Spirits Competition 2015.
Produzido a partir das castas Alfrocheiro, Tinta-Roriz e Touriga Nacional, o Cabriz Colheita Seleccionada tinto 2014 apresenta uma cor rubi intensa, é frutado, com predominância de frutos vermelhos frescos, geleia de frutos do bosque, especiarias e notas tostadas. Na boca, é frutado, macio, elegante e harmonioso, tornando-se um acompanhamento de eleição para peixes assados no forno, carnes brancas assadas, carnes vermelhas guisadas e assadas e queijos macios. Servido a 18ºC, pode ser uma escolha aconselhada para consumir já neste Natal ou para deixar evoluir na garrafa durante três a cinco anos.

Sobre a Global Wines
Cabriz é a marca líder do grupo Global Wines e os seus vinhos, assentes na qualidade da região do Dão, são produzidos no centro de vinificação de Carregal do Sal, a sede do grupo.
A Global Wines detém várias quintas que lhe permitem atuar nas principais regiões vinícolas portuguesas, nomeadamente vinhos verdes, Douro, Dão, Bairrada, Lisboa e Alentejo, bem como no Vale de S. Francisco, no Brasil. Os diversos vinhos com a chancela Global Wines somam prémios internacionais e conquistam reconhecimento público como produtos de alta qualidade. Nos últimos anos, a empresa fez investimentos nas suas áreas produtivas - vinha, receção, vinificação, armazenagem e engarrafamento –, implementou o sistema de HACCP, recebeu a certificação do Sistema de Gestão de Qualidade segundo a norma ISO 9001, e, mais recentemente, a exigente certificação IFS (International Food Standard).


ICONIC antecipa o futuro da "Jewellery, Fashion and Lifestyle"

O ICONIC é um evento de joalharia, moda e lifestyle que irá decorrer no Convento do Beato em Lisboa, de 7 a 9 de abril. Este evento surge com o propósito de potenciar o encontro entre fabricantes, criadores e as lojas, assim como com o cliente final, que no dia 9, terá acesso à melhor oferta de joalharia concentrada num só espaço, para além do calçado e da moda. GIRL POWER é o tema da 1ª edição, em que a mulher surge uma vez mais como a musa inspiradora de designers e joalheiros.

Amélia Monteiro, a diretora do evento, explica que "vamos dar visibilidade às melhores marcas e empresas a nível nacional e internacional, proporcionando-lhes um formato intimista que potenciará um painel de visitantes muito alargado, com uma nova atitude perante o mercado".
A grande novidade assenta no conceito "Jewellery, Fashion and Lifestyle", o que traduz a vontade de conjugar a joalharia e a moda num formato apelativo, tanto para profissionais como para o público em geral, e que pretende assumir-se como farol de tendências para um estilo de vida sofisticado e de bom gosto.
Assumidamente trendy, este evento tem por lema “The future will be powerfull” e vai ao encontro das empresas para "ajudar os clientes a destacarem-se, a responderem aos novos desafios e a promover a aproximação ao mercado do Centro e Sul, todavia o “mindset” é determinante, quem não tiver a mente aberta para a mudança, terá mais dificuldades em acompanhar o mercado e aproveitar as novas oportunidades", afirma Amélia Monteiro, também diretora da já clássica Portojóia.
Esta responsável acrescenta que o ICONIC é inovador também na forma de expor, já que "as empresas têm acesso a um projecto chave-na-mão, com a organização a assumir todo o layout e montagem do espaço, libertando dessa forma o expositor de preocupações e trabalho extra, de modo a focar-se ao máximo no momento de venda e networking".
Tirando partido do ambiente e da arquitetura do antigo Convento do Beato, classificado como Imóvel de Interesse Público, o ICONIC está organizado em diferentes áreas temáticas, onde decorrerão diferentes momentos do programa. Assim, além do "Portuguese Jewellery Guide” onde bloggers e jornalistas serão desafiados a viver uma experiência dentro e fora do evento, conhecendo de perto as marcas em exposição, irão também estar em evidência as “Fast Talks” onde serão debatidos temas da atualidade com destaque para a mulher. Acontecerá ainda o “Live Show” com demonstrações de filigrana e relojoaria.
Outra característica é a importância dada aos parceiros, nomeadamente da área de lifestyle, desde a roupa ao calçado, que terão ao seu dispor o “ICONIC Room”, na antiga biblioteca do convento. Alguns dos parceiros poderão também marcar presença no espaço “Portuguese Jewellery Trend Spot”, partilhando assim os focos com as tendências do setor da ourivesaria.
O ICONIC enfatiza a moda e os estilos de vida sofisticados e contemporâneos, facilitando o acesso antecipado às tendências e novidades do mundo da joalharia e da moda. O programa foi, por isso, especialmente idealizado a pensar na mulher moderna e na influência crescente do público feminino a todos os níveis da sociedade, desde profissional a mãe, amiga, companheira e agente ativa da transformação do mundo.


Casa das Pipas convida a receber 2017 no Douro Património Mundial da Humanidade

Programa especial para o final do ano

na unidade de enoturismo da Quinta do Portal

O ano novo aproxima-se! Chegou a altura de planear a passagem de ano, de dizer adeus a 2016 e renovar os votos de felicidade, saúde e esperança para o ano que se avizinha. Para que a sua passagem de ano seja perfeita, a Casa das Pipas, unidade de enoturismo da Quinta do Portal, em Sabrosa, tem à sua disposição dois programas para esse final de semana especial.

Se decidir viajar até ao Douro na sexta-feira, dia 30, está disponível o programa de duas noites. Mas para os que só pretendem chegar no sábado, a Casa das Pipas também criou o programa de uma noite.
Ambas os programas de Réveillon incluem a visita ao Armazém de Envelhecimento de vinhos da autoria do Siza Vieira, uma prova de vinhos e um brunch (este já em janeiro).
Para além destas ofertas, os convivas terão oportunidade de se deliciarem com os pratos cuidadosamente elaborados pelo Chef Milton Ferreira para o último jantar de 2016, bem como com a selecção de vinhos Quinta do Portal feita pelo enólogo Paulo Coutinho.
O Quinta do Portal Colheira Branco 2015 foi o néctar selecionado para acompanhar o prato “o nosso bacalhau…”. Já o “tradição à mesa” e o “duas interpretações de polvo” serão servidos com o Quinta do Portal Rosé 2015.
À sobremesa, juntamente com o “Arroz doce com a magia de natal”, o porto escolhido foi o Portal White 10 Years Old Port.
O Quinta do Portal Vintage Port não poderia estar ausente deste manjar, e como tal, será servido no final da refeição com o “nosso bombom de Vinho do Porto”.
O programa especial de Réveillon da Casa das Pipas na Quinta do Portal conta ainda com música ao vivo e para o momento das doze badaladas será servido o Espumante Mural Bruto.
Um buffet de queijos, carnes e salgados e um buffet de doces estarão à disposição dos convivas, bem como o Mural ou Frontaria Branco & Portal Colheita Tinto 2013 e os Portal Moscatel Reserva 2004 & Portal Porto 10 anos.

Programa especial Réveillon 2016  
Quarto Standard              
Quarto Superior
Uma noite
€160,00
€175,00
Duas noites
€220,00
Preços por pessoa
€250,00

Situada no coração da Região Demarcada do Douro, a Quinta do Portal tem vindo a ser consecutivamente reconhecida mundialmente, quer pelos seus vinhos quer pela sua capacidade enoturística. Além das medalhas e dos prémios conquistados pelos seus néctares, também a Casa das Pipas tem recebido inúmeras distinções. Já venceu duas vezes prémios do Best of Wine Tourism, ostenta o «Galarão Internacional Chave Verde» e a prestigiada revista norte-americana «Forbes» elegeu mesmo a Quinta do Portal como um dos dez melhores destinos vinhateiros de todo o mundo. A inauguração do armazém de envelhecimento de vinhos desenhado pelo arquitecto Siza Vieira tem sido outro trunfo do pólo enoturístico da Quinta do Portal, tendo muito recentemente vencido o prémio internacional «Best of Wine Tourism» na categoria Arquitectura e Paisagem.